© 2011\2018 Benfica Glorioso. (E PLURIBUS UNUM 1904)Benfica Glorioso

*SEJA BEM-VINDO*
SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS!!!
* E PLURIBUS UNUM *
Sou do Benfica Isso me envaidece Tenho a genica Que a qualquer engrandece Sou de um clube lutador Que na luta com fervor Nunca encontrou rival Neste nosso Portugal

Clique aqui Para Entrar No Site →
Benfica
««« SL BENFICA x CD TONDELA SÁB 28 ABR 18h15 ««« SPORTING CP x SL BENFICA SÁB 05 MAI 20h30 ««« Fundação:1904 | Presidente SAD:Luis Filipe Vieira /Site Oficial do Sport Lisboa e Benfica www.slbenfica.pt/

Receba Noticias via Email
Clique Aqui ☚ Clique Aqui ☚
Emblema Benfica

Plantel Principal 2017\2018

Classificação

 facebook  twitter  youtube  feed

Resultados futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com


BEM VINDO
1 2 3 4

Benfica TV Online em Direto

Link 1 Clique Aqui ☚ Link 2 Clique Aqui ☚

Seguidores

BTV

Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV

Leitores 244
1 214
Seguir
5444
Fans
2.414
Seguir

BENFICA ACERTA CALENDÁRIO COM GOLEADA

A equipa de Hóquei em Patins do Benfica acertou, esta quarta-feira, o calendário no Campeonato Nacional ao disputar a 19.ª jornada com o HC Braga. As águias venceram, por 9-2.

No Pavilhão Fidelidade, os comandados por Pedro Nunes entraram praticamente a ganhar com o tento de Diogo Rafael no minuto inaugural. Na frente no marcador, o Benfica não baixou a guarda e aos 5’, João Rodrigues aumentou para 2-0.
Jogava-se bem em pista com o HC Braga a tentar dar réplica aos da casa. Pedro Delgado, aos 10’, reduziu para 2-1, mas Vieirinha respondeu volvidos 8’ e fixou o resultado em 3-1. No minuto seguinte (19’, Adroher fez o 4-1 e Miguel Rocha dilatou para 5-1 aos 21’. Antes do descanso, aos 23’, Gonçalo Suíssas colocou o marcador em 5-2.
Na etapa complementar, mais do mesmo. O Benfica entrou a todo o gás e fez o 6-2, aos 30’, por Valter Neves. Com uma vantagem de quatro golos, as águias baixaram o ritmo e geriram a partida com posse de bola. Ainda assim, aos 42’, João Rodrigues bisou no jogo.
Aos 45’, os minhotos tiveram uma grande penalidade a favor, mas Pedro Henriques defendeu. O Benfica saiu logo em contra-ataque e Adroher também bisou para o 8-2. A dois minutos do fim, Pedro Nunes lançou no jogo o espanhol Sub-20 do Clube, Miki Grau, e no mesmo minuto, aos 48’, Miguel Rocha, com um remate praticamente de costas para a baliza, fechou o resultado final.
O Benfica soma 57 pontos e na próxima ronda, a 22.ª, há receção à Oliveirense.
Pedro Nunes

Pedro Nunes: “Vitória clara e inequívoca”

No final do desafio, o treinador Pedro Nunes, analisou a vitória diante dos minhotos, por 9-2.
“Foi uma goleada, mas, essencialmente, a importância da conquista dos três pontos. Era imperioso que assim fosse, sabíamos que éramos favoritos e estávamos obrigados a ganhar. O jogo em que marcámos cedo, o que nos descomprimiu em alguns momentos, nomeadamente de ataque. É uma vitória clara e inequívoca frente a uma equipa que tentou dar uma boa réplica e deixar uma boa imagem. Não se remeteu à defesa, criou oportunidades. Parabéns aos jogadores do Benfica! Souberam descomplicar”, disse à BTV

Pedro Henriques: “Resultado mais do que justo”

“O HC Braga luta pela manutenção e precisa de pontos. O Benfica em casa, ainda que favorito, não pode facilitar. O HC Braga tentou jogar no erro do Benfica, mas, ao fim e ao cabo, o resultado é mais do que justo e conseguimos um 9-2”, sublinhou o guarda-redes Pedro Nunes à BTV.
Ler Mais

COMEÇOU MORNO… ACABOU COM GOLEADA!

Tarde de feriado a abrir com o Futsal! Sport Lisboa e Benfica e CD Aves disputaram a 25.ª jornada da Liga Sport Zone. No Pavilhão Fidelidade, frente à formação nortenha - já despromovida -, as águias estiveram mesmo a perder, contudo, a resposta veio com uma taxativa goleada: 7-1.


Joel Rocha apostou num cinco inicialcomposto por Roncaglio, Raúl Campos, Tiago Brito, Miguel Ângelo e Fernandinho. No aquecimento, boas notícias, com Chaguinha a estar em quadra com os companheiros de equipa…
A primeira parte foi morna, muito morna! Aos 13', cartão amarelo para Fernandinho, livre perigoso para o CD Aves e golo! 0-1, na Luz, com o experiente Marafona a marcar através de um remate acrobático. O Benfica reagiu, foi à procura, mas faltava eficácia.
No reatar, finalmente os golos dos encarnados… e que golos! Em menos de 30 segundosRaúl Fernandinho concretizaram a reviravolta (2-1), com o resultado a ser naturalmente dilatado. Fernandinho bisou, Raúl não quis ficar atrás e fê-lo também, Robinho fuzilou, Bruno Pinto acrescentou o seu nome aos marcadores e o inevitável Deives fechou a contagem num esclarecedor 7-1 final.
Com este resultado o Benfica soma mais três pontos (67 no total), ocupa o 2.º lugar da classificação e, na próxima ronda, a última desta fase regular da prova, desloca-se ao terreno da formação da Quinta dos Lombos. Este jogo está marcado para sábado, dia 5 de maio.

Joel Rocha: “Conseguimos ser uma equipa intensa e consistente”

Joel Rocha 
No final desta partida, o treinador Joel Rocha, destacou a intensidade do seu conjunto e fez questão de homenagear aqueles que há precisamente oito anos conquistaram o título de Campeões da Europa de Futsal.
“Conseguimos sempre, mas muito mais na segunda parte do que na primeira, ser uma equipa intensa e consistente. Na primeira parte jogámos praticamente a um ritmo demasiado baixo para aquilo que é a nossa identidade normal, mas durante toda a segunda parte conseguimos ser muito mais aquilo que gostamos de ser e que somos diariamente e estou muito satisfeito pelo resultado, pela prestação da segunda parte e pela forma como ganhámos. Houve momentos muito bonitos, alguma magia e muita inspiração”, afirmou Joel Rocha, em declarações à BTV.
Fez esta quarta-feira precisamente 8 anos que o Benfica foi Campeão Europeu de Futsal e Joel Rocha aproveitou esta vitória para homenagear esse feito.
“Somos uma equipa muito unida e solidária com aquilo que é o Benfica e os nossos objetivos e hoje também acabámos por desta forma homenagear aquilo que foi uma conquista para o Clube e para o Futsal português, porque hoje faz precisamente 8 anos que o Benfica foi Campeão Europeu”, relembrou o treinador.

Fernandinho: “Agradecer aos adeptos por todo o apoio”

“Estou muito feliz com este resultado, esta vitória é importante já que este foi o último jogo da fase regular em casa. Também agradecer aos adeptos que vieram em peso e apoiaram bastante a equipa, foi muito importante”, considerou Fernandinho.
Ler Mais

PIZZI, O MÉDIO DOS PASSES MIL!

As opiniões valem o que valem, já os números são indesmentíveis. Olhando para a Liga NOSPizzi é o jogador com mais passes efetuados – 1966. Destes, 1653 foram certeiros e 1044 foram executados no meio campo adversário. Nenhum outro jogador o iguala neste último parâmetro – aliás, ninguém atinge os mil e são poucos os que se aproximam.


influência no jogo do médio de Bragança é inequívoca e os números apresentados no site sofascore.com comprovam-no. Com 1966 passes totais nos desafios da Liga NOSem 2017/18, o internacional de 28 anos supera toda e qualquer concorrência.
No Sport Lisboa e Benfica, no ranking da quantidade de passes realizados, seguem-se FejsaCerviZivkovic e Salvio no top 5. Olhando para os outros médios a alinhar na I Liga, Pizzi também não tem igual no que toca a este item: Pelé (Rio Ave) surge em 2.º lugar, com 1612, e Pedro Tiba (Chaves) fecha o pódio com 1541.
Desde 2014/15 no Clube, Pizzi tem vindo a crescer e o coletivo tem vindo a ganhar. Na atual época, o médio alinhou em 30 jogos na Liga NOS, perfazendo 2438 minutos e cinco golos marcados.
Pizzi e Salvio no jogo com o CD Tondela

Com 1653 passes certeiros, o 21 do Benfica é também líder neste tópico, e, acima de tudo, ninguém tem mais de mil passes precisos na metade ofensiva do campo: são 1044, totalizando assim uma percentagem de 84% de precisão, segundo o sofascore.com.

Neste parâmetro é Pedro Tiba que surge em 2.º lugar (787), contudo, o médio do Chaves tem menos 257 passes certeiros do que os impressionantes 1044 do internacional das águias!
Desta análise, importa realçar que Pizzi também se destaca no que toca aos passes decisivos, com números a rondar as seis dezenas (60), ocupando o 4.º lugar do top 5. Cervi está no 3.º posto, com mais um passe decisivo.
Três Campeonatos Nacionais, duas Taças da Liga, uma Taça de Portugal e duas Supertaças Cândido Oliveira são os troféus conquistados por Pizzi de águia ao peito, sendo que na temporada transata foi eleito o melhor jogador da Liga Portuguesa.
Mais uma vez, as opiniões valem o que valem… mas os números não enganam: Pizzi continua a ser um jogador com enorme influência no jogo de Tetracampeão!
Ler Mais

JORNAL I DENUNCIA REDE MONTADA PELO FC PORTO PARA DESTRUIR A HEGEMONIA DO BENFICA

O FC Porto “montou uma rede com o intuito de destruir a hegemonia do Benfica” – a notícia, com chamada de primeira página, é difundida nesta terça-feira pelo jornal I. O artigo revela ainda a existência de uma “estrutura composta por dirigentes do FC Porto, elementos da Justiça, órgãos das forças policiais e meios de Comunicação Social” que visava descredibilizar a Marca Benfica junto de parceiros estratégicos.

O jornal I divulga o assunto com base numa denúncia anónima – para salvaguardar a integridade física dos autores e por medo de represálias – a que teve acesso, e que deu entrada no Ministério da Justiça, na Procuradoria-Geral da República, no DCIAP, na Polícia Judiciária, na Liga Portugal e na Federação Portuguesa de Futebol. A mesma revela “nomes de dirigentes portistas, magistrados, agentes da PJ e jornalistas”.
Segundo o difundido pelo jornal I, tudo começou há cerca de um ano, em abril de 2017, aquando da “compra da correspondência privada do SLB”. A partir daqui desencadeiam-se uma série de encontros entre elementos da estrutura do FC Porto e do Sporting, primeiro no Hotel Altis e depois no Hotel AC Porto Marriot (estes com periodicidade semanal) com o objetivo de “delinear a estratégia que visava descredibilizar o Benfica”. O mesmo artigo acrescenta que “as informações eram passadas a blogues afetos a portistas e sportinguistas” e reveladas em timings definidos pelas respetivas estruturas dos dois clubes rivais. O jornal I alega que na reunião realizada no Hotel Altis, em Lisboa, “ficou definido que fontes da estrutura dos dois clubes ficariam responsáveis por veicular informação dos e-mails para comentadores em programas de debate e para os jornais Expresso, O Jogo, Jornal de Notícias e Correio da Manhã, e ainda para a RTP e para a revista Sábado”.
Bandeira
Sobre esta acusação feita à estrutura montada pelo clube portista, a Procuradoria-Geral da República admitiu ter recebido “recentemente algumas denúncias, designadamente anónimas, relacionadas com o fenómeno desportivo e envolvendo vários clubes”. “O Ministério Público, sempre que tem conhecimento de factos suscetíveis de integrarem a prática de crimes, procede em conformidade, encaminhando-os para investigação”, adianta fonte da PGR contactada pelo I.
A denúncia anónima a que o jornal I teve acesso revela que o “FC Porto domina decisões na Justiça” e enumera oito casos com claro benefício para os portistas. Processo Fénix, absolvição de Pinto da Costa e Antero Henrique pelo Tribunal de Guimarães; Rafa, jogador emprestado pelos portistas ao Rio Ave, foi afastado do processo de alegada viciação de resultados por parte dos vila-condenses; e fugas de informação de processos judiciais como foram os casos dos e-mails e dos vouchers: estes são alguns dos casos expostos na carta.
Na denúncia enviada às diversas entidades sublinha-se que estes factos “podem ser facilmente confirmados através do arquivamento do caso Fénix e do chumbo da providencia cautelar do Benfica sobre a divulgação dos e-mails”.
Na carta a que o I teve acesso pode ler-se que “toda a gente no Porto sabe quem são os representantes da Justiça que costumam frequentar os camarotes do Estádio do Dragão, pertencem aos seus órgãos sociais e têm um longo historial de decisões que ultrapassam qualquer lógica sempre que está em causa os interesses de Pinto da Costa e dos dirigentes do FCP”.
Ler Mais

DÉRBI DE VOLEIBOL ALTERADO PARA DOMINGO

Apesar de inicialmente agendado para as 15h00 de sábado, o quarto dérbi desta final sofreu uma alteração e será disputado no domingo, da 29 de abril, às 18h15, no Pavilhão n.º 2 da Luz.

Recorde-se que esta é uma eliminatória à melhor de cinco e que o Sporting CP se encontra em vantagem (2-1). O Benfica tem de obrigatoriamente vencer para forçar a negra.

Ler Mais

IMOLA É O PRIMEIRO DESAFIO DE JOSÉ RODRIGUES NO TCR ITALY

Depois de ter estado em 2017 no TCR Germany, José Rodrigues, piloto do Benfica, optou por deslocar-se para Itália, procurando assim um novo desafio internacional composto por sete jornadas, começando já por nos dias 28 e 29 de abril correr a etapa inicial no circuito Enzo e Dino Ferrari, em Imola.

Este será o segundo ano em termos internacionais na sua curta carreira, onde no primeiro registou excelentes resultados na competição alemã, uma das mais competitivas da Europa.
José Rodrigues, piloto do Sport Lisboa e Benfica, continuará aos comandos do Honda Civic TCR também num campeonato muito competitivo e onde estão cerca de três dezenas de pilotos e várias marcas.
“Acredito que estão reunidos todos os ingredientes para poder lutar por pódios e ter, sobretudo, uma palavra a dizer em todas as corridas do campeonato”, esclarece José Rodrigues.
Este será um regresso a terras transalpinas, pois José Rodrigues já lá disputou o Troféu Abarth 500, indo assim encontrar algumas pistas conhecidas, como Imola e Misano.
“Estou muito feliz por ter a possibilidade de continuar a minha carreira em mais um grande campeonato internacional. Tem sido um esforço de todos os que me acompanham, e por isso quero agradecer sobretudo à minha família, ao Sport Lisboa e Benfica, à Target Competition pelo grande esforço que fez para podermos estar presentes. Também à incansável SkyWalkerManagement e a todos os meus patrocinadores que em breve serão divulgados”, afirmou o piloto, sublinhando: “É com grande motivação e ambição que parto para a primeira prova do ano. Será mais um grande desafio depois de vários meses ausente das pistas. O mais importante será recuperar o ritmo de competição para poder ser competitivo durante esta primeira prova. Espero poder iniciar o campeonato com bons resultados, e aproveitar o facto de conhecer o traçado para me impor entre os mais rápidos em pista”, concluiu.
A jornada começa com uma sessão de treinos livres na sexta-feira a partir das 14h35. No dia seguinte nova sessão de treinos livres a partir das 10h45. Ainda nesse dia os concorrentes têm a qualificação agendada para as 17h45. Domingo a primeira corrida será às 08h00, e a segunda às 15h00.
EtapaDataLocal/Pista
1.ª28 e 29 de abril Imola
2.ª12 e 13 de maioPaul Ricard
3.ª16 e 17 de junhoMisano
4.ª14 e 15 de julhoMugello
5.ª28 e 29 de julho  Imola
6.ª 15 e 16 de setembro  Vallelunga
7.ª 6 e 7 de outubro  Monza
Ler Mais

DE QUARTA-FEIRA A DOMINGO VEM AÍ MUITO BENFICA!

Vem aí mais uma semana à Benfica que não pode perder! Do Futebol às Modalidades, de 25 a 29 de abril, ou seja, de quarta-feira a domingo, há muita atividade desportiva que pode acompanhar, dentro e fora de portas.

O dia de quarta-feira (25) começa cedo - às 9h00 - com o 4.º Torneio de Râguebi Carlos Nobre, que se realiza no Campo Sintético do Estádio da Luz.
Meia hora depois (9h30), os Iniciados entram em ação no Caixa Futebol Campus, no primeiro jogo do Torneio Triangular de Iniciados.
Ao 12h30 há novo jogo de Iniciados. A equipa do Benfica disputa o segundo jogo do Torneio Triangular, frente ao Belenenses.
Às 16h00, a equipa de futsal comandada por Joel Rocha volta às competições. O Benfica recebe, no Pavilhão n.º 2 da Luz, o CD Aves numa partida referente à 25.ª jornada da Liga Sport Zone.
Equipa de Hóquei em Patins
Mais tarde (18h00), há jogo de Hóquei em Patins no Pavilhão Fidelidade. Depois de vencer na Luz o Paço de Arcos com uma vantagem esmagadora (10-0), o Benfica encontra o HC Braga na 19.ª jornada (em atraso) do Campeonato Nacional.
O dia termina também com o hóquei em patins, mas em feminino. O Benfica, que se encontra na liderança, recebe a Académica de Coimbra (4.º lugar) para a 6.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional, num jogo agendado para as 20h15.
A quinta-feira (dia 26) começa com o Campeonato da Europa de Judo, que se estende até 28 de abril. Os atletas do Benfica Telma Monteiro (57 kg), Gonçalo Mansinho (60 kg) e Nuno Saraiva (73 kg) vão participar na prova, que se realiza em Israel.
A atividade desportiva continua na sexta-feira (dia 27). Às 16h00, os Juniores disputam a 8.ª jornada da Fase Final do Campeonato Nacional, frente ao Vitória FC, no Complexo Municipal de Atletismo de Setúbal.
Cláudio Fonseca com o V. Guimarães
Às 21h00, no Pavilhão Fidelidade, a equipa de Basquetebol do Benfica, que segue líder com 53 pontos, disputa a 8.ª jornada da Fase Final do Campeonato frente ao V. Guimarães.
O sábado (28) abre com polo aquático (11h30). A equipa feminina do Benfica disputa as meias-finais da Taça de Portugal, frente ao Paredes, na Piscina da Rodovia, em Braga. A final está agendada para as 14h30 de domingo, no mesmo local, frente ao vencedor do jogo entre o Clube Fluvial Portuense e Sport Algés e Dafundo.
A partir das 16h00, os atletas de Trialto do Benfica entram em ação. João Silva e Melani Santos competem no Campeonato do Mundo de Triatlo.
 Golo do Benfica em Tondela
Às 18h15 todos os caminhos vão dar ao Estádio da Luz. A faltarem apenas três jornada para o final do Campeonato, a equipa de Rui Vitória é anfitriã na 32.ª jornada da Liga NOS, recebendo o CD Tondela.
O dia termina com o Futsal Feminino, que entra em ação no Pavilhão n.º 2 da Luz às 20h30. O Benfica (1.º classificado) recebe o Novasamente, que se encontra no 2.º lugar da tabela classificativa, para a 10.ª jornada da fase final do Campeonato.
No domingo (dia 29) há jogo da equipa B no Caixa Futebol de Campus. Benfica B e V. Guimarães B enfrentam a 36.ª jornada da Ledman Liga Pro, numa partida aprazada para as 16h00.
Uma hora depois joga a equipa feminina de hóquei em patins. As águias viajam até ao reduto do Stuart Massamá, numa partida referente à 7.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional.
Fred Winters
Mais tarde e a fechar o domingo, segue-se o Voleibol. Depois de vencer o Sporting na Luz e perder os dois encontros na casa do rival, o Benfica disputa o 4.º jogo da final do play-off do Campeonato Nacional, jogo que tem obrigatoriamente de ganhar para empatar a eliminatória e continuar na disputa pelo título. A partida está agendada para as 18h15.
Marque tudo na sua agenda e venha apoiar o glorioso!
Ler Mais

HÉLDER CRISTÓVÃO: “TIVEMOS MAIS DUAS OU TRÊS OPORTUNIDADES”

A 35.ª jornada da Ledman LigaPro fechou com um dérbi entre as equipas B. Em Alcochete, Sporting e Benfica mediram forças, com as águias a superiorizarem-se (1-2). No final do desafio, Hélder Cristóvão analisou o jogo.

Queríamos ter matado a entrada forte e acho que conseguimos. Tivemos uma excelente oportunidade pelo Carter. Depois, a equipa manteve uma toada boa, não conseguiu ser tão lúcida após o golo do Sporting B, num erro nosso fruto do facto de pedir para a equipa sair a jogar. A equipa reagiu bem, mas o Sporting B conseguiu ter algum ascendente e foi mais assertivo na gestão da bola. Na segunda parte corrigimos. Era importante ter a equipa junta, com ligações mais próximas. Acho que a mudança para o 4-4-2 surtiu efeito, tivemos o meio-campo mais junto, libertando o Heriberto e o Carter na profundidade. Fomos inteligentes na forma como aproveitámosesse espaço e chegámos ao segundo golo”, considerou.
Benfica B chegou ao segundo golo através do aproveitamento do espaço em profundidade, situação que denota conhecimento sobre o adversário e trabalho de casa.
“Sabemos bem como o Sporting B joga, com a defesa ligeiramente alta, fruto da sua juventude. Sabíamos que era importante não permitir transições e os jogadores foram exemplares. A entrada do Diogo Mendes também foi nesse sentido. A partir daí anulámos o jogo, o Sporting B não tem nenhuma aproximação à nossa baliza e nós tivemos mais duas ou três oportunidades que nos poderia ter dado um resultado diferente”, lembrou.
Hélder Cristóvão terminou sublinhando que a vitória “significa três pontos numa luta difícil”. “É sempre um enorme prazer jogar contra o Sporting, mas não mais do que isso. Essencialmente feliz pelos jogadores, porque precisávamos de uma vitória”, acrescentou.
Heriberto
Heriberto apontou o tento da vitória das águias em Alcochete e na zona de entrevistas rápidas destacou uma primeira metade viva e um Benfica B pressionante na etapa complementar.
Começámos bem, estivemos bem nos primeiros 10 minutos. Tivemos, logo no início, uma oportunidade de golo, mas não concretizámos. O Sporting B marcou na oportunidade que teve. Foi uma boa primeira parte, conseguimos reagir e empatar o jogo. Na segunda parte, a equipa entrou bem, fomos para cima do Sporting B e alcançámos o golo que nos deu vantagem até ao final do jogo”, frisou.
O camisola 91 enalteceu, ainda, a postura positiva das duas equipas no relvado, tentando jogar um futebol ofensivo.
“As duas equipas quiseram ter bola, quiseram controlar o jogo para poder ganhar. Soubemos aproveitar o espaço que estavam a dar nas costas com a defesa subida. Tivemos a felicidade de marcar e ganhar o jogo”, apontou.
O golo do empate foi da autoria de Kalaicaatravés de um pontapé de canto, aspeto trabalhado pelos encarnados no Caixa Futebol Campus.
Temos estado bem, temos trabalhado bem as bolas paradas ao longo da temporadaporque temos jogadores altos e fortes. Na Segunda Liga, os jogos são resolvidos assim, através de lances de bola parada e tivemos a felicidade de podermos empatar o jogo”, admitiu.
Ler Mais

MARLENE SOUSA: "QUEREMOS O HEXACAMPEONATO"

Invencibilidade a nível nacional é estatuto que a equipa feminina de hóquei em patins do Benfica pretende defender. Marlene Sousa foi a porta-voz da ambição benfiquista, em entrevista à BTV, fazendo ainda a antevisão ao jogo com a Académica de Coimbra, de dia 25 de abril.

Já passou mais de um mês desde que jogaram a final da Taça Europeia... Como viveram essa fase?
A Taça Europeia é a competição mais importante da época e podermos vivenciar essa final four no nosso pavilhão junto dos nossos adeptos e das pessoas de quem mais gostamos foi fantástico. Não correu da forma que queríamos, porque o nosso objetivo era ganhar, mas, ainda assim, dignificámos a camisola que vestimos. A vitória de sábado foi épica e no domingo demos tudo em campo. Queremos agradecer aos adeptos que estiveram connosco o tempo todo, porque, mesmo depois do apito final, todos continuaram a apoiar-nos e isso é fantástico para qualquer atleta.

A equipa tem como foco o Hexacampeonato e, até agora, só tem vitórias nesta fase final. Qual é o segredo?
O segredo é o trabalho. Como costumamos dizer, os grandes atletas não chegam só ao topo, mantêm-se lá, e é isso que procuramos a cada treino, com muito trabalho, porque nenhuma equipa joga só com o emblema que tem na camisola, é muito para além disso. Temos o Pentacampeonato, queremos ganhar o Hexa; temos uma Taça de Portugal, queremos duas; temos três Supertaças, queremos quatro. Esse é o nosso pensamento diário.
Como vai ser a vossa preparação para os próximos dois jogos do Campeonato?
É uma semana muito importante. Jogamos contra a Académica [na quarta-feira, dia 25], é um rival forte, e depois, no domingo, jogamos contra a Stuart. São dois jogos seguidos que podem fazer a diferença no final das contas do Campeonato, mas estamos a trabalhar para o melhor.
Como descreve a Académica de Coimbra?
Uma equipa forte, que luta também pelo Campeonato Nacional e com a qual já tivemos a oportunidade de jogar nesta época. É uma equipa que nos vai querer dificultar a vida, mas estamos focadas no nosso caminho e vamos dar o nosso melhor para continuar numa onda de vitórias. Gostamos de jogar os grandes jogos, a nossa motivação é pensar que vamos entrar para dentro de campo e enfrentar um grande jogo, é para isso que trabalhamos. Todos os jogos são diferentes, depende muito do dia, do momento da equipa, não há jogos iguais. Estamos focadas no nosso trabalho porque é o que conseguimos controlar.
Como se sente a equipa por estar na final four da Taça de Portugal?
Chegar a uma final four é sempre muito importante, mas, ao contrário do Campeonato, é uma competição a eliminar, depende muito do jogo. Vai ser a última competição desta época. O Campeonato e a Taça são as duas competições que faltam e que queremos continuar a ganhar.
Marlene Sousa
Como está o hóquei em patins feminino em Portugal?
Não tenho dúvidas de que está a evoluir, como não tenho dúvidas de que o Benfica foi um pilar fundamental para o hóquei feminino poder crescer ainda mais.
É a melhor marcadora da equipa e do Campeonato. Como está a ser esta época a nível individual?
Está a ser fantástica. Só faltou mesmo a cereja no topo do bolo, que era a Taça Europeia, mas está a ser uma época bastante positiva. Claro que contribuí para o sucesso da equipa com golos, porque os avançados fazem-se disso e é um objetivo para mim, mas acima de tudo o que importa é a equipa, porque sem ela não conseguia fazer golos.
Quais são os objetivos coletivos e individuais?
Os objetivos coletivos são vencer as duas competições que faltam, se possível sem perder nenhum jogo, ou seja, tentar acabar a época só com vitórias. O objetivo individual é contribuir ao máximo para o sucesso da equipa. 
Ler Mais

INFLUÊNCIA DE ZIVKOVIC DISPARA NO CENTRO DO MEIO-CAMPO

Zivkovic tem agarrado o meio-campo do Benfica com unhas e dentes. O crescimento do médio de 21 anos e a influência que tem tido na equipa, seguindo as coordenadas do treinador Rui Vitória, são comprovados pelas estatísticas.

Dos dribles bem-sucedidos às grandes oportunidades criadas, dos passes decisivos às assistências, Zivkovic tem dado provas de que é uma aposta ganha. Depois da lesão de Krovinovic, o médio foi imediatamente uma das (quatro) cartas colocadas em cima da mesa por Rui Vitória. O esquerdino sérvio de 21 anos foi chamado pelo técnico, justificou a titularidade e tem sido um elemento preponderante no desempenho do coletivo.
"Joga bem por terrenos interiores, com qualidade técnica. Pode fazer combinações nos corredores e está apto para jogar naquela posição." Foram estas as palavras de Rui Vitória sobre Zivkovic na altura em que idealizou lançar o camisola 17 no lugar de Krovinovic, que sofreu uma rotura no joelho direito no início do ano civil. Três meses depois – a três jornadas do final da Liga NOS 2017/18 –, os números mostram como o treinador desenvolveu Zivkovic e fez disparar o seu rendimento no 4x3x3.
As dinâmicas que Rui Vitória coloca nos seus médios permitem que ele [Zivkovic], muitas vezes, esteja a jogar no meio, mas também descaia para os corredores laterais. Isso facilita o trabalho porque ele próprio tem essas características, e no meio temos visto que ele tem sido preponderante – principalmente nas assistências –, mas também nas faixas laterais consegue ser muitíssimo importante e cumprir com muita facilidade”, avaliou o técnico Luís Diogo Campos, que trabalhou com o jovem sérvio no Partizan, em declarações ao Site Oficial do Benfica.
Andrija Zivkovic
No sábado passado, na AmoreiraZivkovic voltou a sobressair – também – pela tranquilidade no terreno de jogo. O sérvio manteve sempre a calma, teve cabeça fria e foi, mais uma vez, o “dono” do meio-campo. Passes decisivos (três), ótimas chances criadas (duas), acerto no passe (76%), dribles conseguidos (cinco em sete tentativas)… e ainda uma brilhante assistência para o 0-1 de Rafa em casa do Estoril.
Números que fortaleceram o acumulado resultante dos outros 17 jogos realizados nesta temporada para a Liga NOS. São, ao todo, 1307 minutos somados, com médias impressionantes.
Mas vamos às estatísticas relevantes, com impacto na manobra da equipa do Benfica… Em 1307 minutos, o sérvio realizou 29 dribles bem-sucedidos, de acordo com o Sofascore.com. Acima dele, entre os médios do plantel das águias, só Rafa (32). Passes decisivos são 33! Neste ranking, Zivkovic é apenas ultrapassado no global por Cervi (61) e Pizzi (60), mas os valores médios a cada 90 minutos são muito semelhantes. Quanto a passes precisos no meio campo adversário, são já 431 os que foram executados pelo internacional sérvio, de acordo com a fonte Sofascore.com, sendo, em valores médios, apenas suplantado por Pizzi, o único centrocampista da corrente edição do Campeonato que ultrapassou a barreira dos 1000 passes perfeitos na zona ofensiva.
As estatísticas provam que Zivkovic tem sido criativo, eficaz e decisivo, crescendo a olhos vistos com o trabalho desenvolvido pelo treinador. Soma 18 jogos na Liga NOStrês golos e quatro assistências.
Zivkovic

NÚMEROS DE ZIVKOVIC NA Liga NOS 2017/18

Ranking estatísticoTotal
Passes precisos no campo adversário431
Passes decisivos33
Dribles bem-sucedidos29
Grandes oportunidades criadas8
Assistências para golo4
Cruzamentos precisos20

“A verdade é que estes números não me surpreendem. Zivkovic tem muito potencial etem crescido imenso com Rui Vitória”, realçou Luís Diogo Campos.
Aos 21 anos, o sérvio assumiu um papel importante no Benfica. Em 2017/18, juntou à capacidade de assistir os companheiros de equipa para o golo o poder de concluir com êxito os ataques elaborados. Três golos e quatro assistências estão, por esta altura, na conta pessoal do sérvio, mas Luís Diogo Campos acredita que os números vão ser ainda melhores.
Zivkovic

A Sérvia precisa dele no Mundial

O Benfica é o Clube certo para o Zivkovic crescer e continuar a desenvolver-se. Ele devia continuar no Benfica por bastante tempo porque a dimensão do Clube permite-lhe ter todas as condições de que ele necessita para crescer ainda mais”, afirmou Luís Diogo Campos.
O treinador português, que fez parte da equipa técnica de Drulovic no Partizan e que acompanhou o camisola 17 durante cerca de quatro meses em Belgrado, tem poucas dúvidas de que Zivkovic integrará o lote de convocados que vai representar a Sérvia no Mundial. “Ele já tem vindo a ser chamado, e espero que sim, que vá ao Campeonato do Mundo, porque é uma mais-valia para a seleção sérvia”, finalizou.
Ler Mais
Sports Blogs
blog directory
 
Benfica Glorioso © Obrigado e volte sempre!!!
BENFICA GLORIOSO

Feito por BENFICA GLORIOSO * SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS * * E PLURIBUS UNUM * Benfica Glorioso © 2011 \2018