© 2011\2018 Benfica Glorioso. (E PLURIBUS UNUM 1904)Benfica Glorioso

*SEJA BEM-VINDO*
SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS!!!
* E PLURIBUS UNUM *
Sou do Benfica Isso me envaidece Tenho a genica Que a qualquer engrandece Sou de um clube lutador Que na luta com fervor Nunca encontrou rival Neste nosso Portugal

Clique aqui Para Entrar No Site →
Benfica
««« SL BENFICA x GD CHAVES SÁB 20 JAN 18h15 ««« CF BELENENSES x SL BENFICA SEG 29 JAN 21h00 ««« Fundação:1904 | Presidente SAD:Luis Filipe Vieira /Site Oficial do Sport Lisboa e Benfica www.slbenfica.pt/

Receba Noticias via Email
Clique Aqui ☚ Clique Aqui ☚
Emblema Benfica

Plantel Principal 2017\2018

Classificação

 facebook  twitter  youtube  feed

Resultados futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com


BEM VINDO
1 2 3 4

Benfica TV Online em Direto

Link 1 Clique Aqui ☚ Link 2 Clique Aqui ☚

Seguidores

BTV

Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
Some alt text
BTV

Leitores 244
1 214
Seguir
5444
Fans
2.414
Seguir

BENFICA "NÃO PODE BAIXAR A GUARDA" FRENTE AO INFANTE SAGRES

 A equipa de hóquei em patins do Benfica regressa às competições nacionais na quarta-feira, dia 17, encontrando, às 21h00, no Pavilhão Fidelidade, o Clube Infante Sagres, na 12.ª jornada do Campeonato Nacional.

Apesar de as águias se irem bater com penúltimo classificado da tabela (13.º lugar, com 7 pontos), Diogo Rafael lembra que nenhum adversário vai à Luz para criar facilidades, por isso "o Benfica não pode baixar a guarda"
"O Infante Sagres não foge à regra, é uma equipa que vamos respeitar. Sabemos que somos favoritos, ainda para mais a jogar em casa. Queremos demonstrar que este ciclo de jogos mais complicados já passou. O Infante Sagres não vem à luz para nos causar facilidades, quer demonstrar por que subiu de divisão e que está capaz de se manter perante os grandes do hóquei em patins", considerou Diogo Rafael, na antevisão à BTV.
"Teoricamente os jogadores da equipa mais pequena querem galvanizar-se e estão mais motivados por jogar contra a um candidato ao título. Nós, como Benfica e como favoritos, não podemos, de maneira nenhuma, baixar a guarda ou dar o jogo como garantido. Temos de ser competentes, ter uma atitude positiva e respeitar, acima de tudo, o Infante Sangres, porque se assim acontecer certamente as coisas vão ser favoráveis para nós. Se não for assim, podemos ter alguma surpresa, e não é isso que queremos", afirmou o atleta.
Questionado sobre se o fator casa é um ponto a favor dos encarnados, o defesa/médio da equipa comanda por Pedro Nunes realçou a importância dos público Benfiquista.
"Treinamos aqui todos os dias, sabemos como funcionam as coisas. Os nossos adeptos certamente irão estar presentes, ajudam-nos nestes jogos. Esperemos que continue assim, que na quarta-feira seja um bom jogo de hóquei em patins e que consigamos voltar às vitórias no campeonato", salientou Diogo Rafael.
Pedro Nunes

Pedro Nunes: "O maior perigo somos nós"

Apesar de o Infante Sagres ter regressado nesta temporada ao primeiro escalão do hóquei em patins, Pedro Nunes, técnico do Benfica, alerta para o facto de a equipa não poder pensar que a vitória está garantida.
"Certamente que o adversário nos vai colocar dificuldades. É uma equipa combativa, organizada em alguns momentos ou fases de jogo, com bons valores individuais. Alguns jogadores com experiência de primeira divisão, mas eu acho que o maior perigo somos nós. Não podemos olhar para a tabela classificativa e pensar que vamos encontrar facilidades. Nada disso. Temos de ser uma equipa boa, competente e que não baixa os níveis de intensidade competitiva", enfatizou Pedro Nunes, na antevisão à BTV.
O técnico das águias adianta que o Benfica tem de "ter uma atitude forte" e, acima de tudo, tem de estar atento à equipa do Infante Sagres.
"É um facto que vimos de um ciclo muito intenso, de grande responsabilidade e agora somos confrontados, se calhar, perante um adversário não tão exigente do ponto de vista competitivo, mas que nos vai obrigar a ser uma equipa muito séria, com uma forte atitude", acrescentou o técnico encarnado.
Abordado sobre os desempenhos e resultados da equipa até agora na Liga Europeia, Pedro Nunes fez um balanço positivo.
"O balanço é extremamente positivo, embora o último resultado [derrota por 2-0 em casa do Barcelona] possa não deixar isso parecer, mas de qualquer das formas o Benfica sai desse ciclo mais forte, mais competente para disputar esses mesmos jogos. Fica a sensação de que temos de fazer algo mais na Liga Europeia para chegarmos aos quartos de final. Dependermos só de nós é uma vantagem que nos obriga a, quando formos chamados novamente para esse patamar, sermos fortes e a ganhar os dois jogos que faltam", afirmou Pedro Nunes.
Ler Mais

JONAS, O GOLEADOR EUROPEU QUE MARCA DE FORMA CONSECUTIVA HÁ MAIS JOGOS

Com o golo apontado ao SC Braga (1-3)Jonas aumentou para cinco a presente série de jogos a faturar na Liga NOS 2017/18. Melhor marcador do campeonato português com 21 finalizações certeiras, o avançado do Benfica lidera ainda a lista dos goleadores dos 10 principais campeonatos europeus.

Nesta altura, o avançado brasileiro leva 21 golos na Liga portuguesa, mais um do que os apontados por Harry Kane, que soma 20 na Premier League ao serviço do Tottenham. O uruguaio Edinson Cavani fecha o pódio, com 19 golos ao serviço do Paris Saint-Germain, na liga francesa.
Para além da liderança na lista dos melhores marcadores das principais ligas – espanhola, inglesa, italiana, alemã, francesa, turca, russa, ucraniana e belga (estas últimas três estão, de momento, paradas) –, Jonas é ainda, entre os principais matadores daqueles campeonatos, o jogador que leva mais jogos consecutivos a acertar nas redes: cinco, frente a SC BragaMoreirenseSportingTondela (2) e Estoril. A série poderia ser ainda mais larga, não fosse o jogo com o FC Porto (0-0), que interrompeu uma sequência de 10 jogos a marcar (com 14 golos).
Na peugada de Jonas está Lionel Messi. O avançado do Barcelona e melhor marcador da liga espanhola – que contabiliza 17 golos em 19 jornadas – atravessa uma série de três jogos consecutivos a marcar (Real Sociedad, Levante e Real Madrid).
Fyodor Smolov, jogador do FK Krasnodar, da liga russa, fecha este pódio. O avançado de 27 anos marcou, até à data, 10 golos em 19 jornadas, num campeonato que está parado desde dezembro. Fyodor Smolov faturou nos últimos dois jogos (Akhmat Grozny e FK Ural).
Jonas

Na Liga NOS, só lhe falta marcar ao Chaves

Desde que chegou ao Benfica, em 2014/15, Jonas já marcou 86 golos no Campeonato Nacional. Das 17 equipas adversárias, neste momento, na Liga NOS, o avançado ainda só não faturou precisamente contra o opositor de sábado, o Chaves, que na época passada regressou ao primeiro escalão do futebol nacional.
No duelo da primeira volta, foi por um triz que Jonas não colocou a bola no interior da baliza do Chaves. 14 de agosto de 2017, minuto 48: foi aqui que os adeptos Benfiquistas quase gritaram o primeiro golo do brasileiro aos flavienses. Jonas, a aparecer em posições de remate, atirou primeiro ao lado, de pé esquerdo e de fora da área, e acertou em cheio no poste, num lance em que Ricardo ficou pregado ao relvado. O jogo terminou com a vitória encarnada por 0-1 (golo de Seferovic aos 90’+2’).
No sábado, Benfica e Chaves voltam a encontrar-se, numa tarde onde se espera mais uma romaria ao Estádio da Luz. Os bilhetes estão à venda.
Ler Mais

BENFICA É O CLUBE QUE DÁ MAIS LUCROS ENTRE OS CAMPEÕES DA EUROPA

O Benfica foi o clube mais lucrativo entre os campeões das respetivas ligas europeias na época 2016/17. Esta é a conclusão do "The European Champions Report 2018", um estudo elaborado e divulgado pela KPMG.

De acordo com os dados analisados pela consultora para avaliar o desempenho financeiro e operacional dos clubes de futebol, os encarnados registaram, durante a temporada passada, um lucro de 44,5 milhões de euros, um valor que permite ultrapassar clubes como o Real Madrid, Chelsea, Bayern Munique ou Juventus.
"O vencedor da Liga portuguesa – SL Benfica – conseguiu mesmo duplicar os lucros depois de impostos, registando um valor de 45 milhões de euros, sendo que na época 2015/16 apresentou lucros depois de impostos no valor de 20 milhões", salientou a KPMG no relatório difundido.
Milhões de euros que se devem, "em larga medida" – e segundo o "The European Champions Report 2018" –, à venda dos jogadores Victor Lindelöf (Manchester United) e Gonçalo Guedes (Paris Saint-Germain), que geraram, respetivamente, um lucro líquido de 23 e 26 milhões de euros.
"Todos os campeões europeus incluídos no relatório obtiveram lucros depois de impostos, espelhando um novo paradigma na indústria do futebol, mais virado para a sustentabilidade financeira", pode ler-se no estudo que compara o desempenho financeiro dos campeões nacionais de 12 ligas europeias: MónacoBesiktasCelticChelsea BasileiaBayern MuniqueSpartak MoscovoViitorul ConstantaFeyenoord JuventusReal Madrid  e SL Benfica.
O estudo exalta ainda a capacidade de sustentabilidade dos encarnados, com a aposta em jogadores formados no Caixa Futebol Campus. "Os clubes que se destaquem na formação e 'trading' de jogadores tenderão a ter vantagens competitivas", pode ler-se, seguido do exemplo das receitas obtidas com transferências por clubes como o Benfica (Gonçalo Guedes e Victor Lindelöf), o Chelsea e a Juventus.
Ler Mais

BENFICA EMPRESTA LISANDRO AO INTER ATÉ AO FIM DA ÉPOCA

O defesa-central Lisandro López vai representar o Inter de Milão até ao final da presente temporada, por empréstimo do Sport Lisboa e Benfica. O acordo entre os clubes foi finalizado nesta segunda-feira.

No âmbito das conversações entre Benfica e Inter, o emblema italiano assegurou uma opção de compra do passe do defesa internacional argentino.
Ler Mais

BENFICA-CHAVES: UMA HISTÓRIA CHEIA DE VITÓRIAS

Depois de dois jogos da Liga NOS fora de portas (vitórias por 0-2 sobre Moreirense e 1-3 ante o Braga), o futebol está de volta ao Estádio da Luzpara nova romaria dos Benfiquistas. No sábado, dia 20, pelas 18h15, o Benfica recebe o Chaves (7.º classificado) na 19.ª jornada da competição. Os bilhetes estão à venda.

A história destes duelos indica-nos que a equipa benfiquista foi visitada por 14 vezes pelo conjunto flaviense no que diz respeito ao Campeonato Nacional. O saldo é amplamente favorável às águias12 vitórias e 2 empates. No total, os encarnados marcaram 37 golos e sofreram apenas 7.
No reduto encarnado, o primeiro embate entre as duas equipas aconteceu a 15 de março de 1986. O Benfica goleou o Chaves (4-0) diante de 60 000 espectadores no velho Estádio da Luz, num jogo a contar para a 25.ª jornada do Campeonato Nacional. Rui Águas fez os três primeiros golos da partida (11', 14' e 40') e Michael Manniche fechou o marcador aos 63'.
De 1988/89 a 2016/17, o Benfica soube levar sempre a melhor sobre o Chaves no seu recinto: são já 11 vitórias consecutivas.
Neste conjunto de jogos, destaque para o da 8.ª jornada do Campeonato referente à época 1994/95, onde o Glorioso venceu por 5-0, o resultado mais volumoso nos confrontos diretos com o Chaves em partidas da principal prova nacional, no Estádio da LuzIsaías (6', 16') João Vieira Pinto (51'), Amaral(67') e Kenedy (83') foram os autores dos disparos que deram a vitória ao Benfica.
O dia 24 de fevereiro de 2017 foi especial nesta "narrativa desportiva": o Chaves pisou pela primeira vez o relvado do novo Estádio da Luz (inaugurado a 25 de outubro de 2003). Mais uma vez as águias triunfaram, por 3-1 (ver vídeo), com golos apontados por Mitroglou (17' e 89') e Rafa (49').

Às 18h15 de sábado, os encarnados, fazendo mira à conquista do Pentacampeonato, recebem de novo o Chaves, para o 15.º confronto direto no Estádio da Luz.
BENFICA-CHAVES: JOGOS NA LUZ NO CAMPEONATO
ÉpocaJornadaResultado
2016/1723.ª3-1 V
1998/9932.ª4-1 V
1997/9825.ª3-1 V
1996/975.ª3-0 V
1995/9625.ª2-0 V
1994/958.ª5-0 V
1992/9312.ª3-1 V
1991/929.ª4-1 V
1990/9113.ª1-0 V
1989/9026.ª2-0 V
1988/8914.ª2-1 V
1987/8826.ª1-1 E
1986/8723.ª0-0 E
1985/8625.ª4-0 V
Ler Mais

SALVIO, O EXTREMO ARGENTINO MAIS VALIOSO NA EUROPA

A cumprir a sétima época ao serviço do Benfica, o extremo Salvio é um dos jogadores mais utilizados por Rui Vitória e vem correspondendo em campo com golos e assistências.


Em Braga, na última ronda, voltou a fazê-lo ao inaugurar o marcador, aos 11’, e no final da partida afirmou que quer “ser um ala com muito golo para ajudar a equipa com assistências e golos”. Um dos elogios que lhe é feito de forma transversal é o facto de ser um extremo com muito golo. Para além dos sete tentos nesta época na Liga NOSSalvioapontou, na mesma competição, 10 em 2012/13 e nove em 2014/15.
Esta capacidade que o camisola 18 tem para participar ativamente no jogo da equipa vale-lhe o estatuto de extremo argentino mais valioso nos 10 principais campeonatos da Europa, superando nomes como Ángel Di María (PSG) ou Correa (Atlético de Madrid).

Até ao momento, na Liga NOS2017/18 Salvio realizou 16 partidas onde apontou sete golos e efetuou três passes para golo. Este registo resulta na participação direta em 10 golos benfiquistas na prova, numa percentagem de influência de 23 por cento.

De forma a se perceber melhor a época de Salvioconvém recordar que na temporada transata teve uma participação direta nos mesmos 10 golos, mas precisou de 29 jogospara o conseguir.
Em ano de Mundial, o camisola 18 tem sido chamada habitual por parte de Sampaoli e poderá terminar a época a ajudar a albiceleste na Rússia. No imediato, porém, Salvio aponta ao desafio de sábado, com o Chaves, na 19.ª jornada da Liga NOSum jogo que os adeptos podem aproveitar para encher novamente o Estádio da Luz. Os bilhetes já estão à venda.
Oferta 2 Bilhetes Jogo Benfica Chaves

GRANDES NOMES FICAM PARA TRÁS
No levantamento feito pelo Site Oficial nos 10 principais campeonatos do Velho Continente, há extremos argentinos de monta que Salviodeixa para trás. À cabeça, Di María e Correa, mas juntam-se, ainda, Perotti (Roma), Lamela (Tottenham) e Ocampos (Olympique Marselha), entre outros.
As maiores "ameaças" para Salvio vêm de França. Di María já participou diretamente em sete golos do PSG (3 golos e 4 assistências) e Ocampos participou nos mesmos sete tentos do Marselha (6 golos e 1 assistência).
Em Espanha, Correa, não sendo titular indiscutível, já apontou cinco golos e fez uma assistência (participação direta em seis golos do At. Madrid); Álex Szymanowski, do Leganés, teve influência direta em quatro tentos (dois golos e duas assistências); Cartabia, do Corunha – que já passou pelo SC Braga –, apontou dois golos e fez uma assistência nos galegos.
Em Itália, Perotti é o extremo albiceleste mais valioso com participação em cinco golos da Roma (três tentos e dois passes para golo), seguido de Castro (Chievo) com dois golos e duas assistências.
Na Premier League inglesa, Lamela, do Tottenham, que pouco tem jogado, fez dois passes para golo e é o extremo argentino que se destaca.
Na Alemanha, Pablo de Blassis (Mainz) logrou um golo e uma assistência na Bundesliga; na Turquia, Scarione participou diretamente em cinco golos do Goztepe.
Na Rússia, Barbaro (SKA Energia) logrou uma assistência, mas ainda não festejou. Na Bélgica e na Ucrânia não há registo de extremos provenientes da Argentina a contabilizar.

RANKING DOS EXTREMOS ARGENTINOS NAS 10 GRANDES LIGAS
JogadorGolosAssistências
SALVIO (BENFICA, Portugal)73
Ocampos (Marselha, França)61
Ángel Correa (At. Madrid, Espanha)51
Di María (PSG, França)34
Perroti (Roma)32
Scarione (Goztepe, Turquia)23
Álex Szymanowski (Leganés, Espanha)22
Castro (Chievo, Itália)22
Cartabria (Corunha, Espanha)21
Pablo de Blassis (Mainz, Alemanha)11
Lamela (Tottenham, Inglaterra)02
Barbaro (SKA Energia, Rússia)01

Em Portugal, Salvio é perseguido, a alguma distância, por Acuña (Sporting), que teve participação direta em seis golos – três tentos e três assistências – e pelo colega de equipa, Cervi, com um golo e quatro passes para golo.

CRAQUES ARGENTINOS NA FRENTE DE ATAQUE
Se abrirmos o espetro de análise a outras posições de campo, os avançados argentinos presentes nos top 10 de campeonatos europeus apresentam números que, sendo fantásticos, veem Salvio ombrear bem de perto.
O inevitável Messi lidera a "comitiva" com participação direta em 25 golos do Barcelona, fruto de 17 golos e oito assistências. Seguem-se Icardi (Inter de Milão) com 18 tentos e um passe para golo e Aguëro(Manchester City) com 13 golos e 5 assistências. O top 5 encerra com a Juventus. Dybala soma 14 golos e três assistências e Higuaín contabiliza nove tentos e três passes para os companheiros faturarem.

GOLOS E ASSISTÊNCIAS DE SALVIO NA Liga NOS EM 2017/18
AdversárioGoloAssistência
SC Braga (c)1-
Belenenses (c)1-
CD Aves (f)-1
V. Guimarães (f)1-
V. Setúbal (c)1-
Estoril (c)11
Tondela (f)11
SC Braga (f)1-
Ler Mais

BENFICA GOLEIA SPORTING POR 5-2 E CONQUISTA TAÇA DA LIGA

O Benfica conquistou, este domingo, a primeira Taça da Liga do seu palmarés após golear o Sporting, por 5-2, no Pavilhão de Sines.

Frente ao bicampeão nacional, as águias construíram a vitória por intermédio de Deives, Fernandinho (2), Robinho e Fábio Cecílio. Dieguinho e Divanei apontaram os golos dos leões, que viram quebrada a sua hegemonia nesta competição, já que haviam vencido as duas edições anteriores.
Ler Mais

JONAS MARCA UM GOLO NA LIGA NOS A CADA 73 MINUTOS DE JOGO

Ao mínimo espaço, Jonas foi Jonas e tocou a bola para dentro da baliza do Braga, contribuindo para o triunfo do Benfica na deslocação ao Minho (1-3), na 18.ª jornada da Liga NOS. Com este golo, o camisola 10 das águias reforçou-se como líder da lista dos melhores marcadores da prova.


De cabeça, o Pistolas deu vida a uma parceria já vista noutras ocasiões, concluindo com a melhor precisão no meio da área, sem hipótese de defesa para o guarda-redes Matheus, depois de uma bola cruzada da direita por André Almeida.
Com esta finalização, Jonas fez, na altura, o 0-2 na partida, e elevou para 21 o número de golos na competição, sendo de destacar que, na corrente campanha do Benfica em busca do Pentacampeonato, apenas por duas vezes ficou em branco: nas visitas ao Chaves e ao FC Porto.
Com o cruzamento para a conclusão do brasileiro, André Almeida fortaleceu a sua posição no lote dos principais assistentes da equipa: são já quatro os passes do lateral-direito para golo, os mesmos de Cervi, que neste desafio com os minhotos desenhou a rota para Salvio pôr as redes a mexer no 0-1.
Ainda no campo da estatística, e no que diz respeito a Jonas, merece um sublinhado especial o facto de o matador do Benficafaturar, em média, um golo a cada 73 minutos de jogo.
Ler Mais

«ESTA É A NOSSA GASOLINA» - RUI VITÓRIA

 Questionado sobre a semana que antecedeu o duelo frente ao SC Braga, marcada por declarações sobre a sua pessoa, Rui Vitória desvalorizou tudo o que foi dito, salientando que o que o move são os triunfos da equipa.

«Nós estamos muito bem resolvidos. Vivemos a vida de uma forma positiva. Não jogamos contra ninguém nem andamos a dar respostas. Jogamos para nós. Quando se sente esta determinação e este acreditar é meio caminho andado para o sucesso. Mais do que questões paralelas queríamos era dar continuidade aos nossos desempenhos. Esta é a nossa gasolina. Queremos mostrar a nossa capacidade, ganhar e estar no topo da tabela. É isso que nos move», afirmou o técnico dos encarnados, na conferência de imprensa após a partida.

O Benfica ocupa, provisoriamente, o 2.º lugar da classificação, com 43 pontos, a par com o Sporting e a dois pontos do FC Porto, ambos com um jogo a menos.
Ler Mais

«FIZEMOS UMA EXIBIÇÃO PERSONALIZADA E FOMOS MUITO FORTES» - RUI VITÓRIA

Rui Vitória elogiou a forma como os seus jogadores interpretaram o plano de jogo definido após o triunfo, por 3-1, em casa do SC Braga, resultado que coloca o Benfica, de forma provisória, em igualdade pontual com o Sporting na segunda posição.

«Foi um belíssimo jogo entre duas equipas que se respeitaram e entenderam perfeitamente o que cada uma queria fazer do jogo. Fizemos uma exibição personalizada e fomos muito fortes a condicionar as virtudes do adversário e sabendo o que fazer com a bola. Fizemos um golo na primeira parte e sabíamos que, na segunda, o segundo golo teria um impacto grande. Tivemos dez minutos em que o SC Braga reagiu mas com as substituições feitas reequilibrámos a equipa. O Benfica é mesmo isto, onze titulares e um grupo de jogadores ávido por poder jogar e que, quando joga, cumpre.

- Foi um triunfo justo perante um adversário com qualidade, que, ao perder, arriscou e perdeu as noções defensivas. Conseguimos bloquear a saída de bola deles, algo que desgastou muito os nossos jogadores mas cumpriram o nosso plano de jogo na íntegra.»
Ler Mais

«CONTEM CONNOSCO, ESTAMOS AQUI!» - SALVIO

Eduardo Salvio, autor do primeiro golo do Benfica na vitória diante do SC Braga (3-1), mostrou-se satisfeito com o triunfo das águias no Minho, salientando que os encarnados continuam na luta pelo título. 

«Estou contente pela vitória, vínhamos aqui à procura dela. Temos que continuar assim a trabalhar. É uma vitória importante para continuarmos na luta. Contem connosco, que estamos aqui. O Benfica vai lutar até ao final», afirmou o internacional argentino, na flash-interview após a partida.

O jogador, de 27 anos, considera que os primeiros 45 minutos do Benfica foram muito fortes, revelando o desejo de marcar mais golos pelos encarnados:

«Marcar é sempre muito importante, apesar de a vitória ser o que mais interessa. Quero marcar sempre e ser um ala com muito golo. Fizemos uma 1.ª parte muito boa, onde podíamos ter feito mais um golo. Na 2.ª parte sabíamos que o SC Braga ia reagir, têm uma equipa muito forte com bons jogadores. Fizemos o nosso trabalho e no final chegou-nos a recompensa».
Ler Mais

LIÇÃO DE BENFIQUISMO NO PALAU MERECIA OUTRO RESULTADO

Os adeptos do Benfica, que apoiaram incessantemente a equipa de hóquei em patins e calaram as bancadas do Palau Blaugrana no jogo da 4.ª jornada da fase de grupos da Liga Europeia, bem como a exibição dos comandados por Pedro Nunes, não mereciam a derrota, por 2-0.

Na pista, o jogo começou vivo, mas equilibrado. Os guarda-redes – Pedro Henriques e Egurrola – estiveram em plano de evidência, mormente o português, que foi gigante ao efetuar um punhado de defesas.
Ainda assim, o Benfica tentou alvejar a baliza catalã em diversas ocasiões, com Adroher e Diogo Rafael, com um remate à barra, a assustarem os pupilos às ordens de Edo Castro.
A toada manteve-se na etapa complementar. Jogo de parada-resposta, com ambos os emblemas a colecionarem oportunidades de golo. Foi mais feliz o Barcelona através dos remates certeiros de Lucas Ordonez (45’) e de Pau Bargalló, aos 49’, este através de um livre direto.
O Benfica soma quatro pontos no Grupo C e terá de vencer os dois próximos jogos (frente a Montreux e Forte dei Marmi) para seguir em frente na prova europeia. No dia 17, as águias recebem o Infante Sagres para o Campeonato Nacional.
Ler Mais

ÁGUIA PASSA NA PEDREIRA (3-1) E PRESSIONA RIVAIS

O Benfica venceu, este sábado, o SC Braga, por 3-1, em jogo da 18.ª jornada da Liga.

Salvio (10), Jonas (64) e Raúl Jiménez (90+2) marcaram os três golos do tetracampeão nacional, que, pelo meio, viu os bracarenses reduzirem por Paulinho, ao minuto 74.
Ler Mais

BENFICA ESTÁ NA FINAL DA TAÇA DA LIGA

Benfica carimbou esta tarde de sábado a presença na final da Taça da Liga de Futsal, após vencer a formação do SC Braga, por 6-3.

Numa partida disputada no Pavilhão Multiusos de Sines, emoção, intensidade e muita entrega até ao final, com as duas equipas a proporcionarem um excelente espetáculo de promoção da modalidade.
Joel Rocha repetiu o cinco que na quinta-feira bateu o Belenenses nos quartos de final, colocando em quadra Roncaglio, Bruno Coelho, Fábio Cecílio, Robinho e Deives.
E foi preciso esperar 11 minutos para desbloquear o marcador, isto num momento em que o Benfica começava a superiorizar-se e com o guardião Vitor Hugo a ser, até então, o grande responsável pelo nulo.
Livre para as águias, lance de laboratório, com Robinho a servir Deives que, ao segundo poste, inaugurou o marcador. Resposta do Braga, também num lance estudado de bola parada. Canto cobrado e, aos 16’, Cássio aparece na cara de Roncaglio a fazer o 1-1, um golo claramente contra a corrente… Ataque-Contra-Ataque… e golo do Benfica!
Que golaço! Minuto 17’ e Rafael Henmidispara de meia-distância. A bola sofre um desvio em Fernandinho e Vitor Hugo não teve qualquer hipótese. 2-1 ao intervalo!
Reatar da partida… e golo, com Deives, muito oportuno, a bisar no desafio. Ora, Rafael Henmi não lhe quis ficar atrás e, aos 26’, também bisou, colocando as águias a vencer por 4-2, dois preciosos golos de vantagem.
Mas esta vantagem duraria pouco, porque do outro lado os arsenalistas acreditaram até ao fim e Marinho, aos 27’, reduz para o 4-3.
O Braga acreditava, mas este Benfica foi implacável e Deives (32’) e Raúl (38’) sentenciaram o desafio num justo 6-3 final.

Com este resultado, o Benfica elimina o Braga nas "meias" da competição e carimba presença na grande final de amanhã. Do outro lado estará o Sporting, equipa que eliminou o Fundão nas meias-finais.

O grande dérbi alfacinha da final da Taça da Liga tem início às 15h00 de domingo no Pavilhão Multiusos de Sines e já sabe que pode acompanhar o direto da partida no seu Site Oficial!
Ler Mais

SUPERIORIDADE DO BENFICA B PREMIADA COM GOLOS E VITÓRIA

Traduzindo em golos a superioridade evidenciada no campo n.º 1 do Caixa Futebol Campus, o Benfica B ultrapassou a Oliveirense por 3-2, na 20.ª jornada da II Liga (Ledman LigaPro), a primeira da segunda volta.

Com energia e velocidade das combinações, o Benfica B desenvolveu um futebol fluido, especialmente no primeiro tempo, instalando-se quase em permanência nas imediações da grande área da Oliveirense.
Correspondendo a ataques construídos quase em contínuo, Zé Gomes, Keaton Parks, Alan Jr e Heriberto rondaram o golo em mais do que uma ocasião, mas não acertaram no alvo.
A Oliveirense mostrou-se num contra-ataque concluído por Riascos para defesa tranquila de Zlobin e, aos 30’, num cruzamento de Sérgio Ribeiro para remate de Diogo Valente, lance em que a bola beijaria as redes benfiquistas: 0-1Um golo que furava a lógica do sentido do encontro, sempre dominado pelos jovens encarnados.
Apesar do golpe, a equipa de Hélder Cristóvão não mostrou desconforto e persistiu na elaboração de ataques, insistindo em jogadas de entendimento velozes e profundas pelos flancos.
Aos 41’Heriberto, com um remate de pé direito na área, fez a bola entrar junto ao poste direito: 1-1.
2-1 demorou apenas três minutos: Heriberto acelerou pela esquerda, aproveitando o espaço nas costas da defensiva da Oliveirense, viu a entrada de Zé Gomes no lado contrário e passou-lhe a bola. Na cara do guarda-redes, o jovem avançado das águias, à segunda, empurrou para as redes.
A Oliveirense espevitou após o intervalo, quis subir linhas e ocupar espaços na intermediária benfiquista, mas as águias continuaram empreendedoras na preparação e execução de ataques.
Depois de uma ameaça num tiro de pé direito de fora da área, Willock cravou mesmo uma bola nas redes adversárias: aos 59', servido por Keaton Parks, fintou um defensor já no interior da área e, de pé direito, chutou rasteiro, a contar. Estava feito o 3-1.
Aos 67’, depois de Kalaica ter sido forçado a abandonar o terreno de jogo, combalido que ficou por um choque cabeça com cabeça com um adversário num lance pelo ar, o Benfica B sofreu o segundo golo: Diogo Valente, num cabeceamento no meio da área, fez mexer o resultado e passou-o para 3-2.
Ambicioso e com vontade de desfazer eventuais dúvidas quando ao vencedor da partida, o Benfica B manteve os olhos na baliza da Oliveirense. Aos 78’, Lystcov cabeceou à trave na sequência de um pontapé de canto executado por Heribertosobre o lado esquerdo.
Diogo Mendes, com duplo cartão amarelo (o segundo foi, no mínimo, muito forçado), recebeu ordem de expulsão e deixou o Benfica B reduzido a 10 elementos nos últimos minutos, mas a inferioridade numérica não se notou e as águias asseguraram mais três pontos.
Ler Mais
Sports Blogs
blog directory
 
Benfica Glorioso © Obrigado e volte sempre!!!
BENFICA GLORIOSO

Feito por BENFICA GLORIOSO * SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS * * E PLURIBUS UNUM * Benfica Glorioso © 2011 \2018