© 2011\2016 Benfica Glorioso. (E PLURIBUS UNUM 1904)Benfica Glorioso

*SEJA BEM-VINDO*
SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS!!!
* E PLURIBUS UNUM *
Sou do Benfica Isso me envaidece Tenho a genica Que a qualquer engrandece Sou de um clube lutador Que na luta com fervor Nunca encontrou rival Neste nosso Portugal

Clique aqui Para Entrar No Site →
Benfica
«««SL Benfica x Feirense 02 Outubro 2016 - 16h00««« Fundação:1904 | Presidente SAD:Luis Filipe Vieira /Site Oficial do Sport Lisboa e Benfica www.slbenfica.pt/

Receba Noticias via Email
Clique Aqui ☚ Clique Aqui ☚
Emblema Benfica

Plantel Principal 2015\2016

Classificação

 facebook  twitter  youtube  feed

Resultados futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com


BEM VINDO
1 2 3 4

Benfica TV Online em Direto

Link 1 Clique Aqui ☚ Link 2 Clique Aqui ☚

Seguidores

jornal o benfica 22-09-2016 Edição n.º 3778
Mística Edição n.º 30 18-02-2016
Próximo jogo

21 CONVOCADOS PARA NÁPOLES Liga dos Campeões

O SL Benfica defronta o Nápoles na próxima quarta-feira, em partida a contar para a 2.ª jornada do Grupo B da Liga dos Campeões. São 21 os convocados chamados por Rui Vitória.
LISTA DE CONVOCADOS:
Guarda-redes: Ederson, Júlio César e Paulo Lopes;
Defesas: Lisandro, Grimaldo, Luisão, Lindelof, Eliseu, André Almeida, Nélson Semedo e Rúben Dias;
Médios: Fejsa, André Horta, Carrillo, Salvio, Pizzi, Cervi e Celis;
Avançados: Gonçalo Guedes, Mitroglou e José Gomes.
Ler Mais

ÁGUIAS JÁ TREINARAM NO SAN PAOLO Nápoles – SL Benfica

Nápoles e Sport Lisboa e Benfica medem forças esta quarta-feira, às 19h45, à passagem da 2.ª jornada da Fase de Grupos (B) da Liga dos Campeões.
O Tricampeão luso está em Itália desde esta terça-feira. A viagem decorreu dentro da normalidade, seguindo-se as habituais conferências de Imprensa de antevisão ao desafio.
Depois de Júlio César e Rui Vitória terem falado à Comunicação Social, seguiu-se o treino de adaptação ao relvado do Estádio San Paolo, com os primeiros 15 minutos abertos à Imprensa.
O Nápoles – SL Benfica tem início às 19h45 de Portugal Continental, com arbitragem do alemão Felix Brych.

Ler Mais

“QUEREMOS DESEMPENHAR UM BOM TRABALHO” 2.ª jornada do Grupo B da Champions

Júlio César espera conquistar a sua primeira vitória no San Paolo. O guarda-redes de 37 anos jogou alguns anos em Itália e garante que os jogadores do SL Benfica sabem o que têm de fazer para levar de vencida uma das melhores equipas italianas.
“Apesar de jovens, são jogadores experientes e que sabem o que vai ser preciso para ganhar e fazer um bom jogo amanhã. Queremos desempenhar um bom trabalho amanhã”, começou por dizer na conferência de imprensa realizada esta tarde.
O internacional brasileiro mostrou-se tranquilo relativamente à política de rotatividade na baliza do SL Benfica adotada recentemente por Rui Vitória.
“É a primeira vez que passo por esta experiência mas em nenhum momento me sinto ou senti chateado com a opção do mister. Foi uma escolha. Temos três guarda-redes de qualidade e o que ele escolher para jogar pode fazê-lo de olhos fechados. Eu conheço as capacidades de todos e o que posso dizer é que o Benfica está muito bem servido nesta posição”, garantiu.
O desafio da 2.ª jornada do Grupo B da Liga dos Campeões está agendado para as 19h45 desta quarta-feira, 28 de setembro.
Ler Mais

“FAZER A DIFERENÇA NOS PORMENORES” Nápoles – SL Benfica

Rui Vitória perspetiva um jogo difícil mas a equipa está focada e sabe o que vai enfrentar no San Paolo...
O Tricampeão Nacional já se encontra em Itália onde, esta quarta-feira, defronta a formação do Nápoles, num desafio referente à 2.ª jornada da Fase de Grupos (B) da Liga dos Campeões.
Depois do empate caseiro a uma bola frente aos turcos do Besiktas, as águias vão entrar no relvado do Estádio de San Paolo para conquistar os três pontos, frente a um Nápoles que lidera o Grupo após vitória em Kiev na ronda inaugural.
Na antevisão a este desafio, Rui Vitória perspetiva um encontro muito complicado, num ambiente complicado… mas este Benfica está preparado e sabe o que vai encontrar.
“Estamos habituados a estádios destes. O Estádio da Luz tem um grande ambiente, intenso. Portanto, estamos conscientes que vamos encontrar um ambiente difícil e um adversário difícil. É uma oportunidade e mais um desafio que temos pela frente. A nossa forma de pensar é sempre a mesma. Foco no que temos de fazer é a melhor forma de minimizar o ruído externo. Amanhã é o Benfica que joga em Nápoles, mas o Nápoles também vai ter de ir jogar ao Estádio da Luz. Quarta-feira será um jogo difícil, mas estamos totalmente focados no jogo. É esta a vida das grandes equipas”, começou por dizer na Conferência de Imprensa.
“Vai ser um desafio intenso, duro e difícil para as duas equipas. São duas grandes equipas e nada vai mudar o nosso objetivo e a nossa abordagem”, acrescentou o treinador dos encarnados.
Quais os pontos fortes da equipa do Nápoles e como contrariá-los?
“Gosto e admiro particularmente a forma de jogar do Nápoles… Tem uma grande qualidade, assenta o jogo numa forte dinâmica de circulação de bola, aposta num 4x3x3, versátil e pressionante o que dificulta muito a vida aos adversários devido a essa forma de jogar. Agora, o primeiro foco é olhar para as nossas capacidades e colocá-las em campo, depois na concentração e na capacidade competitiva elevada. Há que ter foco no jogo inteiro e fazer a diferença em todos os pormenores competitivos. A equipa que errar menos é que levará a vitória. Os jogadores que entrarem vão estar prontos para um jogo muito difícil”, analisou.
O Benfica apresentou a média de idades mais baixa na primeira jornada da Champions…
“O facto de ter jogado essa equipa não significa que amanhã jogará a mesma. Não nos guia a questão das idades, guia-nos o rendimento e escolhemos os jogadores que vão dar corpo à nossa ideia de jogo. Os meus jogadores encaram todos os jogos com um à vontade tremendo, com enorme abertura de espírito, seja frente a que equipa for e isso deixa-me tranquilo e satisfeito”, explicou.
“O Nápoles é uma equipa muito forte no seu todo, com laterais que se projetam bem no ataque, com um triângulo no meio-campo que controla muito bem o jogo. Na frente, tem jogadores que têm grande capacidade de decisão. Na defesa têm também jogadores que sabem sair a jogar. Muitos pontos fortes, uma ou outra coisa menos boa… mas temos de olhar para a equipa do Nápoles como um todo e é assim que a temos de a anular. Conhecemos bem a equipa do Nápoles”, concluiu Rui Vitória.
O Nápoles – SL Benfica tem início às 19h45 de Portugal Continental, com arbitragem do alemão Felix Brych.

Ler Mais

ÁGUIAS PREPARAM VIAGEM A NÁPOLES

Reassumida a liderança isolada da classificação geral da Liga NOS, após vitória (0-2) no Municipal Engenheiro Manuel Branco Teixeira, frente ao GD Chaves, o Tricampeão regressou aos treinos na manhã deste domingo.
Já se prepara afincadamente o próximo desafio, desafio esse a contar para 2.ª jornada da Fase de Grupos (B) da Liga dos Campeões. O SL Benfica viaja até Itália onde, na quarta-feira (19h45), defronta o Nápoles, no Estádio San Paolo.
Rui Vitória agendou nova sessão de trabalho para as 10h00 da manhã desta segunda-feira. A mesma será à porta fechada e terá como palco o Caixa Futebol Campus – Seixal.
Ler Mais

JUVENIS GOLEIAM NO REGRESSO AO CAMPEONATO Despertar – SL Benfica, 0-4

A série D do Campeonato Nacional de Juvenis A está de volta, após a paragem devido dos compromissos da Seleção Nacional de Sub-17.
A equipa orientada por Renato Paiva deslocou-se este domingo ao Complexo Desportivo Fernando Mamede para defrontar o Despertar, antepenúltimo classificado da tabela, tendo vencido, por expressivos 0-4, à passagem da 5.ª jornada da prova.
Com este resultado, o SL Benfica lidera a classificação geral só com vitórias (15 pontos) e na 6.ª ronda, agendada para o próximo fim de semana, recebe a formação do Louletano.
Ler Mais

DERROTA NO DÉRBI DE INICIADOS SL Benfica – Sporting, 0-1

O Caixa Futebol Campus, no Seixal, recebeu esta manhã de domingo o dérbi da 5.ª jornada do Campeonato Nacional de Iniciados.
Partida muito bem disputada, com bons princípios de jogo, com o Sporting a vencer pela margem mínima de 0-1, subindo assim à liderança da tabela classificativa.
Rodrigo Rego, no primeiro minuto da segunda parte (36’), marcou o golo dos leões.
A equipa de Luís Nascimento ocupa agora a 2.ª posição da geral, com 12 pontos, fruto de quatro vitórias e uma derrota, com 27 golos marcados e dois sofridos.
Na 6.ª jornada as águias deslocam-se ao reduto do Oeiras, num desafio agendado para o próximo fim de semana.
Ler Mais

Rui Vitória iguala recorde de Hagan: 15 vitórias fora seguidas na Liga



O Benfica igualou na noite de sábado, com o triunfo em Chaves (2-0) o seu recorde de vitórias consecutivas em jogos fora de casa para o Campeonato, ao somar a 15.ª, no conjunto da época 2015/16 e da presente temporada.

A equipa orientada por Rui Vitória igualou um registo com 43 anos de idade, conseguido pelos encarnados sob o comando de Jimmy Hagan, também no somatório de duas épocas, 1971/72 e 1972/73.

Em 1972, já na época de 1972/73, as águias de Hagan (tricampeão na Luz) iniciaram série invicta diante do Leixões (1-0), a que se seguiram V. Guimarães (3-1), Farense (5-2). O registo imaculado prosseguiu em 1972/73, com vitórias sobre Boavista (3-1), U. Coimbra (4-0), Barreirense (3-0), V. Setúbal (1-0), U. Tomar (2-0), V. Guimarães (2-1), CUF (1-0), Montijo (1-0), Leixões (5-1), Beira-Mar (2-1), Sporting (2-1) e Belenenses (2-0).

Com Rui Vitória, treinador de 46 anos – tinha três anos quando o Benfica de Hagan cometeu proeza idêntica à que a equipa que orienta igualou este sábado - a série de triunfos iniciou-se, com 11 triundos de raja, em 2015/16.

V. Guimarães (1-0), Nacional (4-1), Estoril (2-1), Moreirense (4-1), Belenenses (5-0), P. Ferreira (3-1), Sporting (1-0), Boavista (1-0), Académica (2-1), Rio Ave (1-0) e Marítimo (2-0) sucumbiram, aos pés do Benfica, que somou ainda na pretérita Liga o decisivo triunfo em Alvalade, diante do histórico rival, o Sporting (1-0).

A caminhada vitoriosa fora da Luz na Liga prossegue em 2016/17 e leva agora quatro encontro: Tondela (2-0), Nacional (3-1), Arouca (2-1) e Chaves (2-0).

Caso vença o Belenenses, no Restelo, no próximo dia 23 de outubro, para, a 8.ª jornada da Liga, e obtenha qa 16.ª vitória fora seguida na Liga, a equipa de Rui vitória passará a ser recordista de vitórias seguidas fora da Luz para o Campeonato na história do Sport Lisboa e Benfica.

Fernando Riera, com nove jogos seguidos a vencer fora para o Campeonato, é o senhor que se segue nos melhores registos históricos dos encarnados, surgindo depois José Antonio Camacho e Eriksson, ambos com oito triunfos fora da Luz de seguida nos seus melhores ciclos em jogos fora na Liga.
Ler Mais

DERROTA NA SUPERTAÇA

Este sábado fica marcado pela realização de mais um dérbi em Ténis de Mesa. SL Benfica e Sporting disputaram a Supertaça José Manuel Amaro, em Oliveira do Hospital, com os verde e brancos a arrecadaram o troféu, após triunfo, por 3-0, sobre as águias.
Aruna Quadri venceu Diogo Carvalho, por 3-1 (6-11, 11-9, 11-5 e 11-9), o seu colega Diogo Chen derrotou José Monteiro, por 3-0 (11-5, 13-11 e 11-8) e Bode Abiodun impôs-se a Francisco Santos, por 3-2 (10-12, 12-10, 10-12, 11-9 e 11-9).
Ler Mais

SL BENFICA PERDE CLÁSSICO DA SUPERTAÇA FC Porto – SL Benfica, 13-7

O SL Benfica perdeu, no sábado, por 13-7, com o FC Porto no clássico da Supertaça António Livramento.
No Pavilhão Municipal da Mealhada arrancou oficialmente a temporada 2016/2017 naquele que prometia ser mais um emocionante clássico de Hóquei em Patins. Frente a frente, SL Benfica – Bicampeão Nacional e Campeão Europeu – e FC Porto, vencedor da Taça de Portugal.
Entraram melhor os dragões que em poucos minutos venciam por 3-0. Tentou recuperar o SL Benfica mas ao intervalo, e após uma primeira parte absolutamente frenética, as equipas recolheram aos balneários com o FC Porto em vantagem (2-7). João Rodrigues e Miguel Rocha marcaram para os encarnados.
No segundo tempo, repetiu-se a história mas desta vez com a formação liderada por Pedro Nunes como protagonista. A dar tudo por tudo, marcou quatro golos em poucos minutos, recuperando da desvantagem de cinco golos que tinha ao intervalo.
Apoio não faltou no Pavilhão Municipal da Mealhada, com adeptos encarnados fervorosos que nunca deixaram de se fazer ouvir.
Com uma vantagem apenas de um golo (6-7) os azuis e brancos voltaram a recuperar. 7-12 era o resultado quando faltavam 7 minutos para se jogar. O FC Porto ainda conseguiu aumentar a vantagem terminando com mais seis golos (13-7).
O primeiro clássico oficial da temporada foi dirigido por Luís Peixoto e Joaquim Pinto, enquanto Orlando Panza foi o terceiro árbitro. 
No próximo fim de semana, no Pavilhão Fidelidade, há desafio com o Valongo a contar para a ronda inaugural do Campeonato Nacional.
As primeiras reações
“Voltámos do intervalo muito fortes. Conseguimos fazer um grande trabalho mas o golo do FC Porto acabou por nos mandar um pouco abaixo. Um resultado que me parece desajustado e acho merecíamos um pouco mais. Mas é um orgulho pertencer a este grupo. Temos muito para dar e não deixem de acreditar em nós”, disse Miguel Rocha no final do encontro.
“Fizemos o impensável que foi começar o jogo a perder-3-0 e quase dar a volta ao resultado. O FC Porto foi um justo vencedor mas a minha equipa mostrou carácter. Este não é o Benfica habitual mas há uma longa época desportiva pela frente”, lembrou o técnico Pedro Nunes.
Ler Mais

“FUNDAMENTAL É O BENFICA VENCER” GD Chaves - SL Benfica, 0-2

Recordes, lideranças isoladas à 6.ª jornada… Rui Vitória explicou o que interessa!
Foi com golos de Mitroglou e Pizzi que o SL Benfica venceu esta noite de sábado no Estádio Municipal Engenheiro Manuel Branco Teixeira. Três pontos fulcrais no regresso à liderança da Liga NOS à 6.ª jornada da competição.
“Foi um jogo difícil, num campo difícil. Na primeira parte o Chaves posicionou-se bem em termos defensivos e esteve à espera das saídas para o ataque. Não conseguimos ter bola nos corredores e depois na segunda parte quisemos aumentar a mobilidade na frente e dar velocidade ao jogo. Vitória difícil, frente a um adversário que está a fazer um bom Campeonato. Realçar ainda o ambiente que aqui se viveu”, começou por dizer Rui Vitória, em declarações proferidas na flash interview.
Questionado relativamente a opções técnicas e tácticas… o treinador foi taxativo.
“Zé Gomes? Era preciso ter mais criatividade e mobilidade. A entrada do Cervi é nesse sentido e a entrada o Zé era para criar uma frente de ataque com mais mobilidade. Fizemos o golo e depois tomamos opções consoante o decorrer do jogo. Quanto aos guarda-redes tenho três de grande qualidade, não quer dizer que se mantenha esta rotina, decidirei o que vou fazer”, explicou.
Com este resultado, o Glorioso regressa à liderança isolada da Liga NOS, com 16 pontos (5V1E0D), 13 golos marcados e 4 sofridos.
Está igualado o recorde de 15 vitórias consecutivas fora de casa, que reporta a 1972, quando os encarnados eram orientados por Jimmy Hagan.
“Não me preocupo muito com isso, mas diz-me que a equipa quer vencer em todos os campos. Já são vários adversários e tomámos as melhores opções. Fundamental é o Benfica vencer”, concluiu Rui Vitória.
Entretanto, o chip muda, com as atenções a centrarem-se na Liga dos Campeões. Com um empate averbado na ronda inaugural na receção ao Besiktas (1-1), o Tricampeão disputa a 2.ª jornada da Fase de Grupos (B) frente ao Nápoles, numa partida agendada para as 19h45 de quarta-feira, no Estádio San Paolo.
O Campeonato Nacional regressa no domingo à Catedral. A 7.ª jornada coloca frente a frente SL Benfica e CD Feirense, um jogo com início às 16h00. Todos à Luz!
Ler Mais

SL BENFICA VENCE NA MAIA Maia/ISMAI – SL Benfica, 27-37

O SL Benfica venceu, este sábado, o Maia/ISMAI por 27-37, na 5.ª jornada do Campeonato Nacional.
No norte do País, o conjunto orientado por Mariano Ortega encontrou-se com a formação maiata, que não começou da melhor maneira o Campeonato Nacional, tendo perdido as primeiras três jornadas.
Entrou melhor o SL Benfica e assim continuou até ao final da primeira parte. 14-20 era o resultado no momento em que as equipas recolhiam ao balneário.
No segundo tempo, os encarnados mantiveram-se na frente do marcador, aumentando a vantagem para 10 pontos (27-37).
Elledy Semedo (5), Davide Carvalho (5), João Pais (4), Belone Moreira (6), Alexandre Cavalcanti (2), Fábio Vidrago (2), Tiago Pereira (2), Stefan Terzic (6), Ales Silva (1), Paulo Moreno (1), André Lima (1), Nikola Mitrevski (1) e David Pinto (1) foram os marcadores do encontro.
Na próxima jornada, a 6.ª, a formação liderada por Mariano Ortega recebe o SC Horta, no dia 1 de outubro.
O SL Benfica iniciou com: Hugo Figueira, Davide Carvalho, Tiago Pereira, João Pais, Bélone Moreira, Elledy Semedo e Ales Silva.
Ler Mais

“VITÓRIA E ENTREGA DOS JOGADORES” GD Chaves - SL Benfica, 0-2

O mais importante neste regresso à liderança em Chaves? Pizzi respondeu.
O Sport Lisboa e Benfica regressou esta noite de sábado à liderança da Liga NOS, após triunfo justo, por 0-2, frente ao GD Chaves.
Depois de uma primeira intensa mas sem golos, já nos segundos 45’, Mitroglou e Pizzi apontaram os golos da 15.ª vitória consecutiva fora de portas, igualando-se um recorde que reporta a 1972, quando os encarnados eram orientados por Jimmy Hagan.
No final do desafio, em declarações proferidas na flash interview, o autor do golo da tranquilidade, analisou as principais incidências.
“Foi um jogo bastante complicado. Sabíamos que ia ser assim, perante uma equipa difícil, com um bom treinador e num estádio complicado. Na primeira parte tentámos ter a bola, perante a defesa compacta do adversário e eles tentavam sair em contra-ataque. Soubemos sofrer e na segunda parte demos uma boa resposta e marcámos. Foi uma boa vitória, mas há que saudar a entrega dos jogadores do GD Chaves que nos causaram grandes dificuldades”, começou por dizer Pizzi.
Satisfeito por ter marcado, o médio luso preferiu elogiar a importância dos três pontos.
“É sempre importante marcar e ajudar a equipa, mas o mais importante foi a vitória e entrega dos jogadores. Três pontos num campo difícil, no regresso do GD Chaves à I Liga, que é de enaltecer. Agora, é continuar a trabalhar”, explicou.
Com este resultado, o Glorioso regressa à liderança isolada da Liga NOS, com 16 pontos (5V1E0D), 13 golos marcados e 4 sofridos.
“É sempre importante estar em primeiro lugar, mas sabemos que vai ser duro e longo, que vamos ter jogos complicados, mas a equipa está mentalizada e ciente do que aí vem”, concluiu Pizzi.
E quanto ao que aí vem… com as atenções a centrarem-se na Liga dos Campeões. Com um empate averbado na ronda inaugural na receção ao Besiktas (1-1), o Tricampeão disputa a 2.ª jornada da Fase de Grupos (B) frente ao Nápoles, numa partida agendada para as 19h45 de quarta-feira, no Estádio San Paolo.
O Campeonato Nacional regressa no domingo à Catedral. A 7.ª jornada coloca frente a frente SL Benfica e CD Feirense, um jogo com início às 16h00. Todos à Luz!
Ler Mais

TRICAMPEÃO REGRESSA À LIDERANÇA GD Chaves - SL Benfica, 0-2

Triunfo frente aos flavienses, justo, com golos de Mitroglou e Pizzi.
Dezoito épocas volvidas, o Glorioso regressou a Trás-os-Montes para defrontar o GD Chaves. Lotação esgotada no Estádio Municipal Engenheiro Manuel Branco Teixeira, com um apetecível duelo entre as duas únicas equipas invencíveis na I Liga 2016/17 até então como pano de fundo.
E que grande primeira parte de Futebol! O sexto classificado não se encolheu perante o Tricampeão – bem pelo contrário! – e houve emoção, intensidade, competitividade e várias oportunidade de golo em ambas as balizas… balizas essas que registaram as duas únicas alterações nos dois onzes face à ronda transata.
Início animado. Gonçalo Guedes, Salvio e Mitroglou deram o mote, para defesas atentas de António Filipe.
Aos 19’, golo anulado – e bem anulado! – aos anfitriões. Perdigão descobre Rafael Lopes na área, mas o ponta de lança estava em posição irregular. Bem ajuizado pela equipa liderada por Tiago Martins.
O jogo abriu ainda mais e as oportunidades começaram a surgir em catadupa… com o passar dos minutos os flavienses acreditaram e Ederson teve mesmo de se aplicar, com a ajuda dos ferros (41’) e também com a “estrelinha” do Tricampeão a sorrir.
Battaglia, Rafael Lopes, Braga e Fábio Martins estiveram em evidência neste período mais do GD Chaves, com os primeiros 45 minutos a terminarem com um nulo e o segundo golo anulado do encontro… mas este mal anulado!
Minuto 37. Mitroglou surge isolado depois de um ressalto de bola e atira para o fundo das redes. O avançado grego estava em posição regular, mas o árbitro assistente levantou a bandeirola.
Zero a zero, numa partida muito interessante, como aliás perspetivara Rui Vitória na antevisão ao desafio.
Segue-se deslocação a Itália
Segunda metade com o Benfica a querer pegar no desafio, com mais posse e gestão, face a um GD Chaves a manter o atrevimento.
Aos 61’ novo golo anulado a Mitroglou… desta feita bem anulado por fora de jogo.
O Benfica carregava… e depois de dois golos anulados, finalmente o grego a marcar e o árbitro a validar. Livre cobrado por Grimaldo, com Mitroglou a antecipar-se e a pentear o esférico para o fundo das redes da baliza (69’).
O marcador continuava incerto, resultado tangencial e perigoso… finalmente, aos 83’, o tento da tranquilidade. Grimaldo na marcação de um livre direto, a barreira devolve o esférico e Pizzi, de primeira, faz o 0-2 final.
Com este resultado, o Glorioso regressa à liderança isolada da Liga NOS, com 16 pontos (5V1E0D), 13 golos marcados e 4 sofridos.
Está igualado o recorde de 15 vitórias consecutivas fora de casa, que reporta a 1972, quando os encarnados eram orientadas por Jimmy Hagan.
O SL Benfica alinhou de início com Ederson; Nélson Semedo, Lisandro, Lindelof e Grimaldo; Fejsa, André Horta (Celis, 75’), Pizzi e Salvio (Cervi, 60’); Mitroglou e Gonçalo Guedes (Carrillo, 86’).
Entretanto, o chip muda, com as atenções a centrarem-se na Liga dos Campeões. Com um empate averbado na ronda inaugural na receção ao Besiktas (1-1), o Tricampeão disputa a 2.ª jornada da Fase de Grupos (B) frente ao Nápoles, numa partida agendada para as 19h45 de quarta-feira, no Estádio San Paolo.
O Campeonato Nacional regressa no domingo à Catedral. A 7.ª jornada coloca frente a frente SL Benfica e CD Feirense, um jogo com início às 16h00. Todos à Luz!

Ler Mais

APRESENTADO PLANTEL PARA 2016/2017

O plantel de Basquetebol para 2016/2017 foi apresentado oficialmente esta sexta-feira em conferência de imprensa. Recuperar o título nacional é o principal objetivo.
"O principal objetivo do Benfica é recuperar o título nacional e vencer todas as provas em que está envolvido. A tradição deste clube é ganhar", frisou o técnico Carlos Lisboa, que espera "um campeonato mais competitivo do que o da última época."
Para isso conta com um plantel de 15 jogadores, onde há cinco caras novas (Derek Raivio, Carlos Morais, Damian Hollis, Raven Barber e Nicolas dos Santos), quatro jogadores oriundos da Formação (Sérgio Silva, Aljaz Slutej, Veljko Stankovic e Ricardo Monteiro) e cinco atletas consagrados do basquetebol português (Tomás Barroso, Carlos Andrade, Mário Fernandes, João Soares, Nuno Oliveira e Marko Loncovic).
Com o foco no acesso à Liga dos Campeões, o técnico anteviu o embate de terça-feira, na Luz, contra os italianos do Varese.
"É uma equipa muito forte e com tradição no basquetebol italiano e europeu. Na época passada foi finalista da FIBA Europe Cup, mas vamos lutar para tentar a qualificação para a fase de grupos", salientou.
O novo capitão, Tomás Barroso
Para a nova temporada, há um novo capitão. Tomás Barroso fica com a braçadeira que pertencia a Diogo Carreira que terminou a carreira e que ficará como secretário desportivo da secção da modalidade.
"É um privilégio, um orgulho e uma honra ser capitão desta equipa", focou o internacional luso.
“Tudo farei e darei o meu melhor para que a equipa esteja focada nos objetivos. Tenho um grande grupo e um grande staff ao meu lado e atrás de mim e tenho a certeza que me ajudarão nesta nova função. Isto é um processo, como é óbvio, mas tudo vai correr bem. Que seja uma época que nos traga conquistas”, desejou o base português.
Os próximos dias 27 e 29 de setembro vão determinar a qualificação da equipa de Basquetebol do SL Benfica para a fase de grupos da Liga dos Campeões. Criada esta temporada, esta prova conta com clubes de renome a nível europeu.
Domingos Almeida Lima falou de uma nova temporada de conquistas e sem contratempos.
“É um grupo novo, com algumas caras novas, no qual depositamos as maiores esperanças e expectativas esta temporada. O objetivo é sempre ganhar e o principal é recuperar o título nacional perdido no ano passado. Esta é a grande meta. Felicidades e que seja um ano sem lesões”, revelou o vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica.
Ler Mais

APRESENTAÇÃO À COMUNICAÇÃO SOCIAL DAS EQUIPAS FEMININAS Sábado, às 11h30

Sábado, dia 24 de setembro, vai realizar-se a apresentação oficial das três equipas seniores femininas do Sport Lisboa e Benfica, Basquetebol, Futsal e Hóquei em Patins.
Depois de uma visita conjunta das três equipas ao Museu Benfica – Cosme Damião, segue-se a Conferência de Imprensa de apresentação à Comunicação Social, a realizar na Sala do Estádio da Luz, às 11h30.
Da parte da tarde, as equipas entram em ação, com os seguintes jogos:
15h00 – Basquetebol Feminino – SL Benfica - Escola Sec. Amadora
17h00 – Futsal – SL Benfica - Sta. Luzia
19h00 – Hóquei em Patins – SL Benfica - Juv. Azeitonense
Ler Mais

20 CONVOCADOS PARA VIAGEM A CHAVES Jogo é sábado (18h15

Rui Vitória já revelou a lista de convocados para o desafio da 6.ª jornada da Liga NOS.
Lista de convocados:
Guarda-redes – Ederson, Júlio César e Paulo Lopes;
Defesas – Lisandro, Grimaldo, Luisão, Lindelöf, André Almeida e Nélson Semedo;
Médios – Fejsa, Celis, André Horta, Carrillo, Salvio, Pizzi, Zivkovic e F. Cervi;
Avançados – Gonçalo Guedes, Mitroglou e José Gomes.
O GD Chaves - SL Benfica tem início marcado para as 18h15 de sábado no Estádio Municipal de Chaves.

Ler Mais

BOLETIM CLÍNICO 6.ª jornada da Liga NOS

São seis os jogadores entregues ao Departamento Médico do SL Benfica.
Boletim clínico:
JARDEL - Estiramento muscular na face posterior da coxa esquerda;
SAMARIS - Entorse grau II da tibio-társica esquerda;
DANILO - Traumatismo da face posterior da perna direita;
RAFA - Lesão muscular na face posterior da coxa direita;
JONAS - Status pós drenagem de volumoso hematoma do pé direito pós traumatismo;
RAÚL - Entorse do joelho esquerdo com lesão do ligamento lateral interno.

Ler Mais

“VAI SER UM JOGO MUITO INTERESSANTE“ GD Chaves – SL Benfica

Rui Vitória já fez a antevisão à deslocação a Chaves. Leia tudo aqui.
É já no próximo sábado, pelas 18h15, que o Tricampeão sobe ao relvado do Estádio Municipal de Chaves para defender a liderança da Liga NOS, liderança essa assumida na última ronda, após vitória caseira sobre o SC Braga (3-1).
Frente ao GD Chaves, Rui Vitória perspetiva um encontro complicado, contudo, a meta é a de sempre, a conquista dos três pontos.
“A vitória na última jornada e a subida à liderança não alteraram em nada as nossas rotinas de trabalho… não houve qualquer mudança. O importante é manter o foco e o trabalho. Quanto ao jogo, é um prazer ir aquela região, há muito que não nos deslocávamos lá. Vai ser um jogo difícil, frente a uma equipa a fazer um belíssimo Campeonato. Mas estamos identificados com a sua forma de jogar e conhecemos muito bem o que vamos encontrar. Tem um bom treinador, jogadores de qualidade, vai estar muito motivada e num Estádio que vai estar cheio. Quero deixar já uma palavra para todos os benfiquistas que vão já estar em Chaves… pensamos muito em quem vai estar junto de nós e sabemos que há gente que vai fazer um esforço muito grande. Vai ser um jogo muito interessante”, começou por dizer Rui Vitória, em Conferência de Imprensa, realizada esta sexta-feira.
“O Chaves é uma equipa que está a trabalhar bem e reforçou-se com critério. Formaram uma equipa bem estruturada e bem pensada. Começaram bem o Campeonato e têm jogadores com experiência e grande vontade de competir. Vai ser difícil, mas vamos para ganhar, só pensamos nisso, seja em casa ou fora”, acrescentou relativamente ao adversário, dizendo ainda que no Benfica “não estamos preocupados com recordes, mas sim com o próximo jogo. É isso que nos foca”, relativamente à possibilidade de conquistar a 15.ª vitória fora de portas.
Questionado relativamente à liderança, Rui Vitória explicou, mais uma vez, que não há Campeões à 5.ª jornada e há muito trabalho pela frente.
“Estamos no 1º lugar, mas ainda muita coisa se vai passar. Não vamos dizer que não estamos satisfeitos, mas isso não nos vai tirar lucidez e foco, passo a passo, jogo a jogo. Cada dia que passa sentimos que estamos mais fortes e preparados, mas falta muito Campeonato. Já disse e repito: ninguém é campeão à 5ª jornada”, explicou.
“Não houve qualquer trabalho específico, no sentido que também não demos demasiada importância ao facto de sermos líderes. As nossas rotinas não foram em nada alteradas. O trabalho feito pelos meus jogadores tem sido bem feito, não sendo preciso qualquer tipo de intervenção”, acrescentou.
O Benfica é a melhor equipa a atuar em Portugal?
“Já sabem como é que eu penso. Porque é que fazem essas perguntas? Eu quero é ganhar os jogos. Só me interessa Benfica, Benfica, Benfica”, concluiu taxativamente.
O GD Chaves – SL Benfica tem início às 18h15 de sábado, com arbitragem de Tiago Martins.

Ler Mais

ENCONTRO DE CAMPEÕES 10 anos de Caixa Futebol Campus

André Horta e Gonçalo Guedes estiveram, esta quinta-feira, no evento “Encontro de Campeões” – no âmbito do 10.º aniversário do Caixa Futebol Campus – onde responderam a perguntas de jogadores da Formação.
Como é que é chegar à casa depois de conquistar um título pelo Benfica?
AH : É uma felicidade imensa. É mais um objetivo conquistado pelo Clube e para mim é realmente uma alegria poder ter feito parte dessa equipa que conquistou o título. Foi realmente um sonho realizado, poder jogar e poder conquistar um título.
Sentem que os adeptos se acarinham por terem jogado na formação do Benfica?
GG : Sim, como é óbvio. Os adeptos acarinham-nos de uma forma diferente. É um grande orgulho para nós porque é o reconhecimento do nosso trabalho, é vermos que as coisas estão a ser bem-feitas.
O Manto Sagrado é pesado como eles dizem?
AH : Não, pelo menos na minha opinião, na verdade o Manto Sagrado é das coisas mais leves que podes vestir. Quando o vestes, sentes-te muito levezinho e sempre pronto para o trabalho. Realmente é uma camisola com muita responsabilidade de se usar pela enorme história que este Clube tem.
Qual foi o golo mais importante na tua carreira?
GG: Foi um golo contra o FC Porto em Juvenis que decidiu o título de Campeão e na equipa A foi o golo contra o Atlético de Madrid.
Qual é o melhor conselho que podes dar neste dia?
AH: Acreditar sempre no trabalho que está a ser desenvolvido pelos vossos treinadores, pela vossa equipa técnica e pelo Clube. Acreditar sempre nas vossas capacidades e respeitar sempre os colegas, estar focado e concentrarem-se nos vossos objetivos. Também criar objetivos pessoais e trabalhar para os conquistar, é o mais importante.
Quais são as melhores recordações que tu guardas na tua passagem na formação?
AH: Tenho algumas, foram oito anos com muitas histórias, muitas amizades, mas acho que o mais importante foi mesmo a possibilidade de eu crescer neste ambiente com todas as pessoas que me ajudaram e que tiveram influência no meu.
Quando vocês vestiram a camisola do Benfica, qual é a sensação?
GG: Foi o realizar de um sonho, apesar da primeira vez termos sempre aquele nervosismo inicial mas depois soltamos e parece que estamos a jogar em casa. É um sentimento de orgulho enorme para nós próprios e para as pessoas que acreditaram em nós também.
Quem é o teu ídolo e porquê?
AH: Rui Costa e Pablo Aimar.São dois jogadores que me identifico por jogarem na minha posição, jogadores que me habituei desde muito cedo a ver no futebol. Foram muito importantes para mim.
O quê que te passou pela cabeça quando marcaste o golo contra o Atlético de Madrid?
GG: É uma pergunta difícil de responder, nem festejei. Não sabia se havia de festejar, só fiz um movimento do braço. Foi o meu primeiro logo na Liga das Campeões logo num campo tão difícil como aquele e ainda para mais foi o golo da reviravolta. É o trabalho de uma vida inteira, recordo o momento com uma alegria imensa. Só me dá vontade de ver e rever.
"TRABALHEM, ACREDITEM"
Rui Vitória – que já esta manhã tinha feito, à BTV, um balanço positivo de todo o trabalho que é feito na academia do Seixal - deixou uma mensagem a todos os jogadores da Formação que sonham um dia integrar a equipa principal do Sport Lisboa e Benfica.
“É fundamental todos vocês tenham a noção clara de que as portas da equipa principal estão abertas mas não para quem não tiver uma postura à Benfica. Ninguém vai jogar na equipa principal do Benfica se não lutar pelo seu espaço. Podem pensar que, por estarmos a apostar na formação, é fácil lá chegar, mas só os melhores vão ter essa felicidade”, disse o técnico à BTV.
“Trabalhem, acreditem, o SL Benfica é um Clube de dimensão mundial. Jogar na equipa principal do Benfica deve orgulhar qualquer jogador que começa nesta casa. Façam o vosso papel, pois nunca como agora houve esta possibilidade de chegar à equipa principal”, concluiu.
No dia em que o Caixa Futebol Campus completa 10 anos, Gonçalo Guedes abriu as portas daquela que é a sua segunda casa.
Ler Mais

“ESTAMOS A FAZER VERDADEIROS CAMPEÕES” 10 anos de Caixa Futebol Campus

O SL Benfica comemora, esta quinta-feira, o 10.º aniversário da entrada em funcionamento do Caixa Futebol Campus, o centro de estágio e formação do Seixal, que o presidente Luís Filipe Vieira apelidou recentemente de sua "menina dos olhos".
“É com muita alegria e orgulho que estou aqui hoje a comemorar os 10 anos desta casa. Aliás, era a casa dos nossos sonhos e conseguimos torná-la realizada. Para isso, não quero deixar de fora dois nomes que foram muito importantes para a construção deste sonho: o então presidente Manuel Vilarinho e o vice-presidente Mário Dias. São pessoas que deram muito ao SL Benfica e foram empreendedores desta obra”, começou por agradecer o presidente encarnado.
“Quero agradecer também a todos aqueles que têm colaborado com o SL Benfica, nomeadamente à Caixa Geral de Depósitos e à Câmara Municipal do Seixal. Têm sido grandes parceiros”, acrescentou.
Na realidade, na última década foi aumentada a capacidade da bancada do campo principal, onde joga a equipa B, de 1500 para mais de 2700 espectadores, foram construídos mais três campos de relva natural, um deles com uma bancada, tendo ainda sido edificados o simulador de treino 360S e as instalações do laboratório de alto rendimento (LAB).
Um centro de estágio que hoje abrange 19 hectares e que Luís Filipe Vieira já prometeu uma nova ampliação para breve.
“Queremos ir mais além. Queremos fazer crescer, cada vez mais, o Caixa Futebol Campus. Neste ano ou no próximo iremos dar mais e melhores condições de trabalho dentro desta casa para que venham a concretizar os vossos sonhos, que é chegar à primeira equipa do SL Benfica”, prometeu.
“Já concretizámos o sonho de construir esta obra para que vocês tenham a possibilidade e a felicidade de chegar à equipa principal. Esta obra é de todos os Benfiquistas e acreditem que é aqui que está o nosso futuro, está dentro desta casa. Estamos a fazer verdadeiros Campeões”, concluiu.
Antes da abertura do evento “Encontro de Campeões, realizado no 360S, treinadores e dirigentes juntaram-se a Luís Filipe Vieira para um almoço no Caixa Futebol Campus. 
 

Ler Mais

IGUALAR RECORDE NACIONAL Antevisão ao Chaves – SL Benfica

Se o Benfica vencer, no dia 24, atinge a 15.ª vitória seguida fora de casa para o Campeonato e repete a marca de Jimmy Haggan. Rui Vitória antevê Chaves – SL Benfica esta sexta-feira, às 15h30, no Estádio da Luz. De manhã (10h00) há treino à porta fechada no Caixa Futebol Campus.
Rui Vitória está a um triunfo de entrar mais uma vez na história do Futebol português. Após ter conseguido na temporada passada bater um recorde de pontos no Campeonato Nacional, com 88, que pertencia a José Mourinho (86), o Benfica está a uma vitória fora de casa de igualar um recorde nacional que lhe pertence. O máximo conseguido é de 15 encontros consecutivos a vencer no terreno dos adversários para a principal prova do Futebol português. De 16 de abril de 1972 a 25 de fevereiro de 1973, as águias nem um ponto perderam na condição de visitante, e o treinador era o inglês Jimmy Haggan.
A vitória no Municipal de Arouca (1-2), no dia 9 de setembro, foi a 14.ª consecutiva do Benfica a jogar fora para o Campeonato. Rui Vitória está, assim, a um triunfo de igualar o recorde estabelecido entre 1971/72 e 1972/73, que já dura há 43 anos. De relembrar que nunca FC Porto nem Sporting fizeram melhor em toda a história.
A última partida em que os encarnados não venceram fora foi a 12 de dezembro de 2015 com o empate, na Madeira, frente ao União (0-0). Seguiram-se então 14 vitórias consecutivas, 11 em 2015/16: V. Guimarães (0-1), Nacional (1-4), Estoril (1-2), Moreirense (1-4), Belenenses (0-5), Paços de Ferreira (1-3), Sporting (0-1), Boavista (0-1), Académica (1-2), Rio Ave (0-1) e Marítimo (0-2), e três já na presente temporada: Tondela (0-2), Nacional (1-3) e Arouca (1-2).
Invencíveis à 5.ª jornada
O próximo adversário é o recém-promovido Desportivo de Chaves (6.º classificado) que luta pela manutenção, e a tarefa do líder Benfica não se avizinha nada fácil. Os flavienses ainda não perderam esta época para a Liga NOS e somam, em cinco jogos, três empates e duas vitórias, com cinco golos marcados e três sofridos. Na última jornada foram vencer ao terreno do Arouca, por 0-1, com um golo do médio-ala Perdigão, aos 44 minutos.
O Chaves, que foi buscar o técnico Jorge Simão ao Paços de Ferreira, reforçou-se bem no mercado, adquirindo jogadores experientes, como Ricardo (guarda-redes, emprestado pelo FC Porto), Pedro Queirós (lateral-direito, ex-Astra), Felipe Lopes (defesa-central, ex-Wolfsburgo), Luís Alberto (médio-defensivo, ex-Tondela), Battaglia (médio-centro argentino, que já passou por SC Braga e Moreirense), Simon Vukcevic (médio-ofensivo que jogou no Sporting entre 2007 e 2011) e Rafael Lopes (avançado, ex-Académica), e alguns jovens promissores, como são o lateral-esquerdo sérvio Petrovic, o médio-centro Francisco Ramos e os extremos Fábio Martins e Hamdou Elhouni, um líbio que se destacou no Santa Clara.
Ao longo da história dos campeonatos nacionais o Benfica jogou em Chaves por 13 ocasiões, tendo vencido nove jogos, empatado um e perdido três, com 18 golos marcados e sete sofridos. O último encontro foi na época 1998/99 e, curiosamente, esse foi o triunfo mais expressivo das águias em Trás-os-Montes. O Benfica venceu, por 0-4, com um hat-trick de Nuno Gomes e um golo do marroquino Tahar.

Ler Mais

DIA 2, A CATEDRAL ESPERA POR SI! SL Benfica - CD Feirense

O Estádio da Luz recebe, no próximo dia 2 de outubro, o SL Benfica - CD Feirense da 7.ª jornada da Liga NOS. Os bilhetes estão à venda a partir desta sexta-feira, nos locais habituais.
Data do jogo: 02 de Outubro, às 16h00
Data de Venda: 23 de Setembro, às 10h00
Locais de Venda:
- Bilheteiras do Estádio do Sport Lisboa e Benfica
- Site Oficial - www.slbenfica.pt
- Casas do Benfica com sistema de bilhética
- Linha Benfica 707 200 100 (até 27 de Setembro, inclusive)
Informações:
Período de Descontos à Benfica – Bilhete a preço especial para Sócios e Adeptos entre os 13 e os 25 anos para o Piso 3 da bancada Coca-Cola. Limitado à disponibilidade de lugares. Disponível, em exclusivo, na bilheteira online (loja.slbenfica.pt/bilhetes) e Linha Benfica (707 200 100). Mais informações em www.slbenfica.pt/periododedescontos.
Bilhete Geração Benfica – Bilhete a preço especial para crianças Sócias entre 3 e os 13 anos (5€), para qualquer bancada excepto campanha Período de Descontos à Benfica.
Bilhete Sócio Mulher – Bilhete a preço especial para Sócios do género feminino, maiores de 14 anos (10€), para qualquer bancada excepto piso 0 sectores 10, 11, 12 e 28, lugares PMR e campanha Período de Descontos à Benfica.
Bilhete Sócio Jovem – Bilhete a preço especial para Sócios do género masculino, entre os 14 e os 22 anos (10€), para qualquer bancada, exceto piso 0 sectores 10, 11, 12 e 28, lugares PMR e campanha Período de Descontos à Benfica.
Bilhete Sócio Sénior - Bilhete a preço especial para Sócios do género masculino, maiores de 65 anos (10€), para qualquer bancada, excepto piso 0 sectores 10, 11, 12 e 28, lugares PMR e campanha Período de Descontos à Benfica.
Bilhete Sócio Família bancada Coca-Cola – 25€ = 4 pessoas (1 Sócio adulto maior de 18 anos + 1 Acompanhante adulto + 2 Acompanhantes criança doa 3 aos 13 anos). Possibilidade de adquirir ainda 1 bilhete de acompanhante adulto a 10€ e bilhetes de acompanhante criança (3 aos 13 anos) a 5€ cada. Bilhetes exclusivos para os sectores 21, 22 e 23 do Piso 0 da Bancada Coca-Cola.Os detentores do Bilhete Família deverão entrar no recinto em simultâneo.
Bilhete Sócio Família bancada BTV – 35€ = 4 pessoas (1 Sócio adulto maior de 18 anos + 1 Acompanhante adulto + 2 Acompanhantes criança doa 3 aos 13 anos). Possibilidade de adquirir ainda 1 bilhete de acompanhante adulto a 10€ e bilhetes de acompanhante criança (3 aos 13 anos) a 5€ cada. Bilhetes exclusivos para o sector 20 do Piso 0 da Bancada BTV. Os detentores do Bilhete Família deverão entrar no recinto em simultâneo.
Bilhete Público Família bancada Coca-Cola – 35€ = 4 pessoas (1 adulto maior de 18 anos + 1 Acompanhante adulto + 2 Acompanhantes criança doa 3 aos 13 anos). Possibilidade de adquirir ainda 1 bilhete de acompanhante adulto a 10€ e bilhetes de acompanhante criança (3 aos 13 anos) a 5€ cada. Bilhetes exclusivos para os sectores 21, 22 e 23 do Piso 0 da Bancada Coca-Cola.Os detentores do Bilhete Família deverão entrar no recinto em simultâneo. Exclusivo bilheteira online (loja.slbenfica.pt/bilhetes). O detentor do bilhete Público Família deverá estar registado em www.slbenfica.pt e efectuar o upload do seu documento de identificação.
Bilhete Público Família bancada BTV – 45€ = 4 pessoas (1 adulto maior de 18 anos + 1 Acompanhante adulto + 2 Acompanhantes criança doa 3 aos 13 anos). Possibilidade de adquirir ainda 1 bilhete de acompanhante adulto a 10€ e bilhetes de acompanhante criança (3 aos 13 anos) a 5€ cada. Bilhetes exclusivos para o sector 20 do Piso 0 da Bancada BTV. Os detentores do Bilhete Família deverão entrar no recinto em simultâneo. Exclusivo bilheteira online (loja.slbenfica.pt/bilhetes). O detentor do bilhete Público Família deverá estar registado em www.slbenfica.pt e efectuar o upload do seu documento de identificação.
Sectores laterais – Para efeitos de venda, são considerados como laterais os seguintes sectores: Piso 0 – 04, 13 e 14; Piso 3 – 04, 05, 18, 19, 26, 27, 40 e 41.
- Os Sócios detentores de RED PASS Fundador ou Centenarium só têm acesso ao jogo caso tenham efectuado o pagamento do respectivo Bilhete de Época 15/16.
- Detentores de RED PASS devem efectuar a entrada com o respectivo cartão RED PASS;
- É proibida a entrada no Estádio a menores de 3 anos;
- Maiores de 3 anos (inclusive) necessitam de comprar bilhete.
- Levantamento de um máximo de 2 ofertas de débito directo ou RED PASS por cartão (limitado a 2.500 ofertas, em exclusivo para o piso 3 do Estádio, qualquer bancada).
 
Ler Mais
Sports Blogs
blog directory
 
Benfica Glorioso © Obrigado e volte sempre!!!
BENFICA GLORIOSO

Feito por BENFICA GLORIOSO * SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS * * E PLURIBUS UNUM * Benfica Glorioso © 2011 \2016