© 2011\2017 Benfica Glorioso. (E PLURIBUS UNUM 1904)Benfica Glorioso

*SEJA BEM-VINDO*
SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS!!!
* E PLURIBUS UNUM *
Sou do Benfica Isso me envaidece Tenho a genica Que a qualquer engrandece Sou de um clube lutador Que na luta com fervor Nunca encontrou rival Neste nosso Portugal

Clique aqui Para Entrar No Site →
Benfica
«««Segue-se a Taça de Portugal! SL Benfica e Vitória de Guimarães têm encontro marcado para o próximo domingo, dia 28 de maio, às 17h15, no Estádio Nacional. «««« Fundação:1904 | Presidente SAD:Luis Filipe Vieira /Site Oficial do Sport Lisboa e Benfica www.slbenfica.pt/

Receba Noticias via Email
Clique Aqui ☚ Clique Aqui ☚
Emblema Benfica

Plantel Principal 2015\2016

Classificação

 facebook  twitter  youtube  feed

Resultados futebol ao vivo oferecidos por Futebol.com


BEM VINDO
1 2 3 4

Benfica TV Online em Direto

Link 1 Clique Aqui ☚ Link 2 Clique Aqui ☚

Seguidores

BTV

Some alt text
BTV
Some alt text
BTV
some alt text
BTV
Some alt text
BTV
BTV

UM VOO CADA VEZ MAIS ESPECIAL! Veja o vídeo

É um dos momentos mais marcantes de um jogo de Futebol no Estádio da Luz… Sim, falamos de golos, vitórias, festejos, conquistas… mas antes, antes há o sempre fantástico e imperial voo da Águia Vitória.
E se até então este tem sido um momento de pura alegria nas bancadas da Catedral, desta vez não vamos ficar só a olhar.
Preparem-se, Benfiquistas, porque para a próxima temporada, vamos passar a viajar com a nossa Águia Vitória, em 360º.
Veja aqui o vídeo que está a fazer furor nas Redes Sociais do Clube.
Ler Mais

“TAÇA VAI FICAR MUITO BEM NO MUSEU BENFICA – COSME DAMIÃO” SL Benfica conquista a 26.ª Taça de Portugal

O Sport Lisboa e Benfica conquistou este domingo a 26.ª Taça de Portugal da sua História, numa época marcada pelo inédito Tetracampeonato e por mais uma dobradinha, a 11.ª de sempre.
No final do encontro, a alegria foi bem patente nos rostos e nas declarações dos principais intervenientes.
“A máscara que usei para festejar tem águias estão nos olhos, é do Benfica! Estou muito contente! Tenho contrato, estou muito contente aqui. Queria muito marcar, tive oportunidade e consegui. Estou muito contente pela vitória e pelo golo. Quero continuar aqui”, Raúl
“Este troféu fazia-me falta e felizmente que o conquistámos. É uma enorme felicidade fazer parte deste fantástico grupo de trabalho. Foi um jogo diferente do Campeonato, foi um jogo muito bonito, um jogo difícil, frente a um Vitória de Guimarães que é uma grade equipa. Jogámos contra uma grande equipa e isso engrandece ainda mais a nossa vitória. Próxima época? Ganhar mais títulos! Estamos todos de parabéns, temos um grande grupo de trabalho. Foi um ano perfeito, com muitas conquistas. Estamos felizes e de parabéns com o que conquistámos. Agora vamos de férias. É sinónimo de trabalho bem feito, com todos a empenharem-se e estamos muito satisfeitos. Lutámos para ganhar tudo. As competições em Portugal são complicadas, mas trabalhamos muito”, Jonas
“Foi um jogo muito especial, frente a uma equipa muito difícil. Saímos vitoriosos. Foi um ano muito importante para mim e para os meus colegas. Conseguimos feitos muito importantes para o Clube. Trabalhamos sempre para vencer e merecemos”, Ederson
“É uma sensação maravilhosa. Faltava este troféu para fechar este ciclo em Portugal”, Júlio César.
“Queríamos muito acabar a época com outro título e estou muito feliz e contente por conseguirmos fazer a Família Benfiquista feliz mais uma vez. É um prémio, uma recompensa e uma satisfação enorme pelo trabalho de toda uma época. Acho que vou ficar aqui muitos anos. O Benfica tem tudo o que eu preciso”, Salvio
“Podíamos também ter vencido a Taça da Liga, mas foi um grande ano e estamos todos de parabéns. Entrámos focados em dar a vitória a estes adeptos. Futuro? Logo veremos o que irá acontecer”, afirmou André Almeida.
“Fomos superiores desde o primeiro momento e podíamos ter feito mais golos, mas do outro lado estava também uma grande equipa. Não estou a pensar nisso agora, quero festejar com os meus companheiros e amanhã penso na Seleção”, Pizzi
 “É muito bom. A Taça vai ficar muito bem no Museu Benfica – Cosme Damião”, André Horta


Ler Mais

“FOI UM ANO MUITO BOM” SL Benfica-V. Guimarães, 2-1

Rui Vitória, no final do triunfo por 2-1 na final da Taça de Portugal, analisou o desafio frente ao V. Guimarães e a temporada 2016/17 que terminou com a “dobradinha”.
“Foi um ano muito bom. Começámos a ganhar com a Supertaça e terminámos com o triunfo na Taça de Portugal. É um grupo fortíssimo e foi um ano que terminou com uma vitória que queríamos e estamos muito satisfeitos”, afirmou.
O adversário da final da Taça de Portugal também mereceu elogios por parte do técnico Benfiquista: “Uma palavra der reconhecimento ao V. Guimarães pelo que fez na época e neste jogo. Dificultaram-nos em muito o jogo, na segunda parte acertámos algumas coisas, tivemos mais objetividade nos lances de ataque. O V. Guimarães tentou reentrar na partida, mas também podíamos ter marcado mais.”
Termina a época e começa a especulação normal do mercado. Rui Vitória não deu azo a especulações. “Tenho contrato e estou feliz no Benfica. Sou uma pessoa de convicções e ainda tenho trabalho a fazer no Benfica. O nosso País tem um futebol formador e é natural que saia alguém. Se assim for vamos encontrar alguém para esse lugar de forma a ter uma equipa competitiva”, sublinhou.
Instado a falar sobre a hegemonia do Benfica (venceu 11 dos últimos 15 troféus), o treinador foi elucidativo: “Não estamos preocupados em ser mais do que alguém. Queremos ser nós e vamos lutar para continuar a conquistar títulos.”
Ler Mais

ÁGUIAS FAZEM A “DOBRADINHA" SL Benfica-V. Guimarães, 2-1

Todos os caminhos foram dar ao Estádio Nacional este domingo. A final da Taça de Portugal começou cedo, de manhã, com adeptos do Sport Lisboa e Benfica e do V. Guimarães a confraternizarem nos espaços contíguos ao Jamor no que se denomina, habitualmente, “Festa da Taça”.
À medida que a hora de jogo se aproximava crescia o entusiasmo e chegou a chuva. Mais lestos os adeptos a irem de encontro às bancadas do Estádio, evitando confusão na entrada da Maratona como em anos anteriores.
Espectáculo montado, faltava a bola, que chegou de drone. Hino Nacional tocado, bola ao centro, apito inicial de Hugo Miguel e esférico a rolar. Jogadores a darem tudo em cada bola, equilíbrio e poucas oportunidades de golo. Mais posse de bola para o Benfica; V. Guimarães a tentar sair em contra-ataques venenosos.
O primeiro lance que colocou Miguel Silva em sentido aconteceu aos 13 minutos. Livre de Pizzi e Luisão, na pequena área, de cabeça, não teve direção. 11 minutos depois, azar para Fejsa. Disputa de bola com Marega e o sérvio a sair lesionado. Deu o seu lugar a Samaris.
O Benfica tentava carburar pelo meio ou pelos corredores, os vimaranenses apostava mais pelas alas e foi pela direita, através de Bruno Gaspar que surgiu a melhor oportunidade. O lateral arrancou pela direita, cruzou, a bola sobrou para Hernâni que, com um remate acrobático, obrigou Ederson a aplicar-se.
Golos vieram na segunda parte
Primeira parte viva, bem disputada, mas com poucas oportunidades de golo, o que justifica o nulo ao intervalo. No reatamento houve golos e festa no lado vermelho das bancadas. Aos 48’, Jonas rematou, Miguel Silva defendeu para a frente e Raúl Jiménez oportuno fez um chapéu ao guardião e inaugurou o marcador; quatro minutos volvidos foi Salvio de cabeça a fazer o segundo do jogo para as águias após cruzamento de Nélson Semedo.
A perderem, os minhotos foram atrás da sorte, e tiveram a oportunidade na bola parada. Livre direto marcado por Marega, com o esférico a passar bem perto da baliza defendida por Ederson. Este Benfica sente-se confortável quando está na frente do marcador e isso viu-se no relvado. Futebol dinâmico, com alternância entre o jogo interior e exterior, através do futebol apoiado ou mais vertical, o Tetracampeão mostrava maturidade e, em consequência, notou-se o crescimento de Jonas no jogo.
Havia sido decisivo no tento inaugural e quase finalizou aos 65’. Grimaldo trabalhou bem na esquerda, centrou e o camisola 10 atirou de cabeça à barra. Os vimaranenses não desistiam e aos 76 minutos só não reduziram porque Samaris cortou na “hora H”. Não foi neste lance, foi no pontapé de canto seguinte… Zungu, de cabeça, fez o 2-1 (77’).
Quando se pensava que o V. Guimarães iria para cima do Benfica a fim de tentar o empate, o que se viu foi uma formação Benfiquista adulta, que soube controlar esse ímpeto com bola no meio-campo contrário. E ainda esteve perto do 3-1 por intermédio de Pizzi, aos 89 minutos e Raúl Jiménez nos descontos.
Com este triunfo, o Benfica conquista a 26.ª Taça de Portugal – e mais três em formato de Campeonato de Portugal – e completou a sua 11.ª “dobradinha” do palmarés. O Sport Lisboa e Benfica alinhou com Ederson; Nélson Semedo, Luisão, Lindelöf, Grimaldo; Fejsa (Samaris, 24’), Pizzi, F. Cervi (Rafa, 82’), Salvio; Jonas (Filipe Augusto, 89’) e Raúl Jiménez
Ler Mais

ONZE INICIAL PARA A FINAL DA TAÇA Frente ao V. Guimarães

O Sport Lisboa e Benfica vai alinhar com Ederson; Nélson Semedo, Luisão, Lindelöf, Grimaldo; Fejsa, Pizzi, F. Cervi, Salvio; Jonas e Raúl Jiménez.
A final da Taça de Portugal arranca às 17h15, no Estádio Nacional.
Ler Mais

RECORDE O PALMARÉS NA TAÇA DE PORTUGAL 25 conquistas

A competição tal como a conhecemos iniciou-se na época 1938/39. Antes houvera o Campeonato de Portugal, uma prova a eliminar e que a Federação Portuguesa de Futebol já veio a terreiro considerá-la antecessora da atual Taça de Portugal.
Recorde abaixo o palmarés do Benfica na Taça de Portugal, onde se incluem – à parte – os Campeonatos de Portugal.
Campeonato de Portugal
1929/30: Benfica-Barreirense, 3-1
1930/31: Benfica-FC Porto, 3-0
1934/35: Benfica-Sporting, 2-1
Taça de Portugal
1939/40: Benfica-Belenenses, 3-1
1942/43: Benfica-V. Setúbal, 5-1
1943/44: Benfica-Estoril, 8-0
1948/49: Benfica-Atlético, 2-1
1950/51: Benfica-Académica, 5-1
1951/52: Benfica-Sporting, 5-4
1952/53: Benfica-FC Porto, 5-0
1954/55: Benfica-Sporting, 2-1
1956/57: Benfica-SC Covilhã, 3-1
1958/59: Benfica-FC Porto, 1-0
1961/62: Benfica-V. Setúbal, 3-0
1963/64: Benfica-FC Porto, 6-2
1968/69: Benfica-Académica, 2-1
1969/70: Benfica-Sporting, 3-1
1971/72: Benfica-Sporting, 3-2
1979/80: Benfica-FC Porto, 1-0
1980/81: Benfica-FC Porto, 3-1
1982/83: FC Porto-Benfica, 0-1
1984/85: Benfica-FC Porto, 3-1
1985/86: Benfica-Belenenses, 2-0
1986/87: Benfica-Sporting, 2-1
1992/93: Benfica-Boavista, 5-2
1995/96: Benfica-Sporting, 3-1
2003/04: FC Porto-Benfica, 1-2
2013/14: Benfica-Rio Ave, 1-0
Ler Mais

JAMOR “PINTADO” DE VERMELHO SL Benfica-V. Guimarães

A final da Taça de Portugal é sinónimo de festa! Assim manda a tradição e o dia 28 de maio de 2017 não será exceção. Benfica e V. Guimarães medem forças no relvado, mas antes, nos espaços contíguos ao Estádio Nacional, desde bem cedo que se assiste a verdadeiras romarias de adeptos, com os habituais pic-nics.
A final da Taça de Portugal é um dia diferente para o futebol nacional, e no Jamor tem-se assistido a uma confraternização saudável entre os adeptos de ambos os clubes, numa rivalidade sadia, que se aplaude.
O jogo arranca às 17h15, mas a festa faz-se desde bem cedo. Veja as primeiras imagens dos Benfiquistas no Jamor.
Ler Mais

SL BENFICA-V. GUIMARÃES, 17H15 No Estádio Nacional

O apito inicial está marcado para as 17h15, de domingo, e o Jamor vai vestir-se de vermelho e branco para um final de época perfeito. No sábado, pelas 18h30, Rui Vitória e um jogador marcarão presença no Jamor para abordarem as expectativas para o derradeiro encontro da prova rainha do futebol português.
Os Tetracampeões Nacionais realizaram uma caminhada positiva até à final da Taça de Portugal e no dia 28 de maio terão pela frente uma equipa do V. Guimarães que quer contrariar o favoritismo encarnado. A última vez que o Benfica esteve no Jamor foi em 2013/14 (época em que fez a dobradinha) e venceu o Rio Ave, por 1-0.
A equipa orientada por Rui Vitória esteve em grande plano nos desafios da Taça onde passou com distinção todas as etapas que lhe passaram pela frente. Deixou pelo caminho o 1.º Dezembro (1-2, fora, com golos de Danilo e Luisão), Marítimo (6-0, em casa, com tentos de Cervi, Pizzi, Raúl Jiménez, Gonçalo Guedes e um bis de Mitroglou), Real SC (0-3, fora, dois de Mitroglou e um Raúl Jiménez), Leixões (6-2, em casa, com golos de Pizzi, André Almeida, Jonas e um hat-trick de Mitroglou) e Estoril Praia (1-2, fora, e 3-3, na Luz).
Na 1.ª mão das meias-finais alcançou a vantagem na eliminatória, após ter vencido, no Estádio António Coimbra da Mota, por 1-2, no jogo da 1.ª mão. Mitroglou (dois golos) garantiu a vitória. Na 2.ª mão, no Estádio da Luz, o encontro terminou empatado a três bolas. Carrillo, Zivkovic e Jonas marcaram para o Benfica.
Por seu lado, o V. Guimarães eliminou o Santa Iria (1-2, fora), Boavista (1-2, fora, após prolongamento), Vilafranquense (1-0, em casa), SC Covilhã (0-1, fora), A formação minhota arrancou as meias-finais, no Estádio Dom Afonso Henriques, frente ao Chaves, por 2-0, com um bis de Hernâni Fortes. Na 2.ª mão, perdeu (1-3), com Marega a marcar o golo do apuramento, num jogo em que o guarda-redes Douglas defendeu uma grande penalidade.
Em caso de triunfo, o Benfica alcança a sua 11.ª "dobradinha" (Campeonato e Taça), alcançando o Bayern como a equipa dos principais campeonatos europeus (Portugal, Alemanha, Espanha, Inglaterra, Itália e França) com mais "dobradinhas" do palmarés. 
Ler Mais

«Taça é festa» – Luís Filipe Vieira


O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, deixou uma mensagem acerca da final da Taça de Portugal.

«Não há festa do futebol como esta. Em que depois de uma longa caminhada pelo país, nas eliminatórias, com a competição entre clubes de todos os escalões, se chega à final à grande final de Jamor. Final num emblemático Estádio Nacional que proporciona sempre uma grande festa do povo, num cenário único, mobilizando todos para o convívio fora de campo e onde sempre se torna visível o enorme esforço das equipas para somarem ao trabalho de uma época mais um título», afirmou Luís Filipe Vieira, em declarações à FPF.
Ler Mais

Estádio da Luz em 9.º lugar no ranking das assistências na Europa

Com uma média de 55,994 mil espectadores nos 17 jogos da Liga portuguesa ao longo da temporada 2016/17, o Benfica garantiu o 9.º lugar no ranking das assistências nos estádios europeus.

Conheça o top10:
1. Borussia Dortmund, 79,653
2. Barcelona, 77,944
3. Manchester United, 75,290
4. Bayern Munique, 75,000
5. Real Madrid, 69,170
6. Schalke 04, 60,703
7. Arsenal, 59,957
8. West Ham, 56,972
9. Benfica, 55,994
10. Celtic, 54,447
Ler Mais

GOLEADA RUMO À LIDERANÇA! SL Benfica – AD Sanjoanense, 9-4

O Sport Lisboa e Benfica regressou, no sábado, à liderança isolada do Campeonato Nacional em Hóquei em Patins, após golear a formação da AD Sanjoanense, por 9-4, e aproveitando o empate no jogo grande da jornada 23…
No Pavilhão Fidelidade, Jordi Adroher (3), Diogo Rafael (3), João Rodrigues (2) e Gonçalo Pinto (1) marcaram para as águias. Do outro lado, Pedro Cerqueira, Diogo Casanova e Hugo Santos (2) assinaram os tentos do “lanterna vermelha” da competição.
Bom jogo, superioridade natural dos encarnados que, ao intervalo, já venciam por 6-1. Missão cumprida – e bem! – no Pavilhão Fidelidade, com mais três pontos somados.
Em Oliveira de Azeméis, no jogo grande da jornada, UD Oliveirense e FC Porto empataram a seis bolas, logo, o SL Benfica passou para a liderança isolada da classificação geral.
Pedro Nunes fez alinhar de início Guillem Trabal, Valter Neves, Diogo Rafael, Carlos Nicolia e João Rodrigues.
Restam agora três jornadas para o final do Campeonato Nacional… e que jornadas! No próximo fim-de-semana há clássico, com FC Porto e SL Benfica a medirem forças no Dragão Caixa, sábado, às 18h00. Segue-se a receção à UD Oliveirense (10 de junho) e o dérbi, frente ao Sporting, no dia 17 deste mês.
Destaque ainda para a entrega da Taça e das respetivas faixas às Pentacampeãs Nacionais de Hóquei em Patins durante o intervalo deste desafio.  


Ler Mais

22 CONVOCADOS PARA O JAMOR SL Benfica – V. Guimarães

Domingo de Taça de Portugal, o mesmo que dizer.. é dia de todos os caminhos irem dar ao Jamor.
SL Benfica e Vitória de Guimarães medem forças na disputa da Taça de Portugal e Rui Vitória já divulgou a convocatória do Tetracampeão.
Lista de convocados
Guarda-redes – Júlio César e Ederson;
Defesas – Lisandro, Luisão, André Almeida, Nélson Semedo, Lindelof, Grimaldo e Eliseu;
Médios – Filipe Augusto, Carrillo, Samaris, Fejsa, Salvio, Pizzi, F. Cervi, André Horta e Zivkovic;
Avançados – Jonas, Mitroglou, Rafa e Raúl.
O SL Benfica – Vitória de Guimarães tem apito inicial de Hugo Miguel às 17h15.
Ler Mais

“ESTAMOS SEMPRE À PROCURA DE NOVAS CONQUISTAS" SL Benfica – V. Guimarães é domingo (17h15

Sport Lisboa e Benfica e Vitória de Guimarães têm encontro marcado para as 17h15 deste domingo, no Estádio Nacional. Em disputa está a Taça de Portugal e Rui Vitória já anteviu esta partida.
“Amanhã, e por isso é que se chama uma final, é um jogo que decide tudo. Por mais contas que se possam fazer, nada é igual ao que já se passou. Todos os jogos têm a sua história, e vai ser mais um jogo com uma história diferente, uma envolvência completamente diferente e, portanto, tudo o que já fizemos não traz nenhuma vantagem. O que fizemos no Campeonato traz-nos a confiança de quem foi campeão e ganhou uma quantidade muito grande de jogos. Em 160 equipas ficámos aqui nós e o Vitória. E, portanto, o favoritismo está dividido. Estamos preparados para o jogo de amanhã mas o Vitória também está”, começou por dizer o treinador em Conferência de Imprensa.
Começam já a surgir notícias de entradas e saídas no plantel do Tetracampeão… isso desestabiliza? Foi necessário blindar o grupo?
“Não era preciso blindar o grupo, porque notícias dessas foram uma constante ao longo do ano, mesmo fora da época dos mercados. Os meus jogadores, e ainda agora o Salvio transmitiu muito bem a ideia do grupo, sabem perfeitamente quando é para festejar, para rir, e quando é para trabalhar. Não tive qualquer atenção a questões dessas. A equipa só teve um foco quando começámos a direcionar as atenções para esta final: a vitória. O resto passou completamente ao lado”, explicou.
Na antevisão, realizada também este sábado, Pedro Martins disse que o Vitória está agora mais perto do que nunca de vencer o Benfica. O que acha disto?
“É a opinião do Pedro. Uma final tem um contexto muito específico, há toda uma envolvência completamente diferente dos jogos do Campeonato. Tem uma história nova. Mas há uma coisa em que estamos sempre focados e ligados, que é o inconformismo. Nunca nos conformamos com nada! Queremos sempre ganhar, estamos sempre à procura de novos sucessos, de novas conquistas. Amanhã é uma oportunidade numa Taça de Portugal. Vamos à procura dessa conquista, sabendo que o Vitória vai fazer o mesmo. É uma excelente equipa, logo, espero um jogo disputado, dividido, contra uma equipa de qualidade”
Este é um jogo muito especial… Explica aos seus jogadores a importância do jogo? Há essa necessidade?
“Há! Há, de forma clara. É importante transmitir a essência deste jogo. É como nós, se formos para outro país qualquer mais longínquo se calhar não entendemos a riqueza cultural que esse país tem. Nós temos que transmitir isso mesmo. Tenho esse cuidado, não só eu mas todo o Clube. É fundamental passar este sentimento, do que é jogar neste estádio, o que as pessoas fazem para cá vir, a envolvência que tem, a festa que é no final de uma época. É quase um jogo de paz”, revelou Rui Vitória.
Depois da conquista do inédito Tetra, foi preciso focar o grupo de trabalho para esta final?
“Nós nunca sabemos o que pode acontecer depois de o jogo começar, mas em todas as competições nunca houve necessidade de focar os jogadores, eles perceberam sempre o que estava em causa. Fizemos um trabalho normal, com tudo o que estava planeado, sem qualquer alteração. Não é garantia para o bom ou para o mau para amanhã, mas estamos preparados e queremos muito este título”, afirmou de forma taxativa.
Instado a comentar a estreia do vídeo-árbitro…
“Vou deixar isto muito claro e por grau de importância. Primeiro aspeto: eu sou a favor de tudo o que seja para beneficiar o jogo, os jogadores, os árbitros, o espetáculo... árbitros de baliza, quarto árbitro, olho de falcão, câmaras de um lado e do outro, tudo o que seja para beneficiar. Sou o primeiro a aprovar e a defender que seja uma realidade; segundo aspeto: amanhã vão estar em campo três equipas, contando com os árbitros. Espero que tudo corra bem; terceiro aspeto: a Federação decidiu, está decidido. Amanhã terão da nossa parte a máxima colaboração para que tudo corra bem; quarto aspeto: aquilo que eu disse foi em relação ao timing do início desta atividade. Só tem a ver com o timing. Fizeram-se uma série de experiências em semi-live… Amanhã é a primeira live. O primeiro jogo que se vai fazer com tudo a funcionar. Poder-se-ia ter feito a experiência há uns dias atrás? É só isso. É ao vivo, é a primeira vez que se vai fazer. Agora, está decidido, não há receios, não há dúvidas, não há esclarecimentos, não há nada. Amanhã o vídeo-árbitro está aqui, cá estamos para ele”, explicou.
A fechar…
“Vamos jogar contra o quarto classificado do nosso Campeonato, que fez uma campanha muito boa nesta competição, que vai jogar aqui com uma ambição muito grande. Vai encontrar um Benfica muito forte, com muita ambição e uma massa adepta fantástica. Queremos um bom jogo, que as massas adeptas se respeitem e que no final ganhemos nós”, concluiu Rui Vitória aos jornalistas.
O SL Benfica – Vitória de Guimarães tem apito inicial de Hugo Miguel às 17h15.

Ler Mais

“QUEREMOS MUITO SOMAR MAIS UM TÍTULO PARA O CLUBE” SL Benfica – V. Guimarães é domingo (17h15)

É já amanhã, domingo, que Sport Lisboa e Benfica e Vitória de Guimarães medem forças tendo como pano de fundo a disputa da Taça de Portugal. Esta partida está marcada para as 17h15, no Estádio Nacional, e Salvio já anteviu o encontro.
Esta será a 3.ª final para o argentino e as expetativas são muito positivas.
“As expetativas são as melhores, já tive a oportunidade de jogar esta Final e sei que amanhã vai ser um grande dia para toda a gente, um dia de festa. Queremos que seja um dia de festa desportiva também para todos nós”, começou por dizer em Conferência de Imprensa.
O Benfica conquistou o Tetra… foi difícil deixar os festejos para trás e focar nesta partida?
“Somos muito profissionais, temos um grande grupo de trabalho, sabemos quando é para festejar e quando é para trabalhar. Trabalhámos muito bem esta final e estamos prontos. Todos os jogadores são experientes e sabem a importância desta partida. Sabemos o que esta Taça significa e vamos fazer tudo para ganhá-la”, disse.
Olhando para o adversário…
“O Vitória é uma grande equipa… e vai ser um jogo muito, muito difícil. Vamos todos dar cem por cento, estar muito concentrados. Estamos prontos para o que vier!”, explicou o argentino, acrescentando que, embora o Benfica tenha ganho todos os jogos aos vimaranenses esta época, “amanhã vai ser completamente diferente. Todos os jogos são diferentes, há 50 por cento de hipóteses para casa uma das equipas e ambas vão fazer tudo para ganhar”.
Qual a importância de erguer mais este título no domingo?
“Muito, muito importante! É mais um título. O Campeonato Nacional era o grande objetivo, conseguimo-lo e esta Taça também é muito importante. Queremos ganhar esta Taça para somar mais um título para o Clube”, concluiu Salvio aos jornalistas.
O SL Benfica – Vitória de Guimarães tem apito inicial de Hugo Miguel às 17h15.
Ler Mais

DIOGO GONÇALVES MARCA NO APURAMENTO DOS SUB-20 Portugal – Irão, 2-1

Portugal apurou-se, este sábado, na Coreia, para os oitavos de final do Campeonato do Mundo de Sub-20, depois de vencer o Irão por 2-1, na terceira e última jornada do Grupo C.
O Irão passou para a frente do marcador logo aos quatro minutos, com um golo de Reza Shekari, que levou os iranianos para o intervalo a vencer.
Na segunda parte, Diogo Gonçalves fez o golo de empate (54’) para Portugal e, a quatro minutos do fim, um autogolo de Taheri deu a vitória à seleção nacional. 
No outro jogo do grupo C, a Costa Rica venceu a Zâmbia por 1-0, resultado que eliminou o Irão e colocou Portugal nos oitavos. A equipa das Quinas vai defrontar a Coreia do Sul, seleção anfitriã, na próxima terça-feira, 30 de maio.
Emílio Peixe apostou em cinco jogadores do SL Benfica para o onze inicial: Diogo Costa; Diogo Dalot, Francisco Ferreira (Hélder Ferreira, 49'), Jorge Fernandes e Yuri Ribeiro (cap.); Florentino, Miguel Luís (Xadas, 26') e Pedro Delgado; Diogo GonçalvesJosé Gomes e André Ribeiro.
Ler Mais

TRIO CONVOCADO POR FERNANDO SANTOS

O selecionador nacional, Fernando Santos, anunciou os convocados para os jogos com Chipre (particular) e Letónia (qualificação para o Mundial de 2018), bem como para a Taça das Confederações.
Entre os 24 chamados estão os Benfiquistas, Eliseu, Nélson Semedo e Pizzi.
Portugal enfrenta Chipre a 3 de junho e a Letónia a 9 de junho; a Taça das Confederações joga-se de 17 de junho a 2 de julho, na Rússia.
Para além deste trio, já haviam sido convocados vários futebolistas do Sport Lisboa e Benfica: Raúl Jiménez, Grimaldo, Salvio, Carrilllo, Ederson e Zivkovic.
Ler Mais

ATAQUE À DOBRADINHA É MANCHETE Jornal “O Benfica”

Vencido o Campeonato Nacional, a equipa de futebol ataca a “dobradinha”. No domingo, pelas 17h15, há Benfica-V. Guimarães no Estádio do Jamor e o Jornal “O Benfica” anteviu a partida.
Ainda no Tetra, o semanário oficial do Clube tem um trabalho de fundo nas páginas centrais com os 70 Campeões deste inédito feito da equipa de futebol. Saiba tudo!
Rui Vitória e Telma Monteiro foram agraciadas pelo CNID e o professor Manuel Sérgio escreveu uma crónica no jornal “A Bola” sobre o Tetracampeonato, que agora transcrevemos na íntegra.
Nas modalidades, destaque para a canoagem, voleibol, futsal e hóquei em patins.
Tudo isto e muito mais na edição n.º 3813 do Jornal “O Benfica”.
Ler Mais

“ENFRENTAR ESTE JOGO COMO SE FOSSE UMA FINAL” SL Benfica- Sanjoanense|

A quatro jogos do final do Campeonato Nacional, o avançado da equipa de hóquei patins, Jordi Adroher, antevê o próximo jogo com a Sanjoanense.
“Faltam quatro jogos, sabemos que são quatro finais e vamos enfrentar este jogo como se fosse uma final”, afirmou à BTV.
O avançado reforçou a importância que os adeptos têm nesta fase decisiva: “Sabemos que nos vêm ver, que nos vêm apoiar e nós sentimo-nos mais fortes. Nestas quatro jornadas que faltam esperemos continuar a ter o apoio deles.”
A partida da 23.ª jornada começa às 17h00 de sábado, no Pavilhão Fidelidade.
Ler Mais

“É UM SENTIMENTO DE EMOÇÃO” Mais dois anos

É a aposta na continuidade de uma equipa vencedora que, este ano, a nível nacional, só deixou fugir a Taça de Portugal, juntando o título de Campeão Nacional à Supertaça, não esquecendo mais uma campanha honrosa nas competições europeias.
José Jardim e respetiva equipa técnica - os treinadores-adjuntos, Nuno Brites e Rodrigo Barroso -, renovaram esta quarta-feira os contratos com o Clube, assinando por mais duas épocas.
Em declarações BTV, José Jardim mostrou-se extremamente orgulhoso pela continuidade de águia ao peito.
“É verdade, é uma enorme alegria, é uma enorme responsabilidade e é um enorme orgulho. Isto só é possível porque ao longo de todos estes anos tem havido uma grande comunhão de objetivos, quer de toda a estrutura técnica - começando no presidente, vice-presidente, presidente da Seção, toda essa estrutura que nos possibilita termos uma equipa bastante organizada – aos jogadores, grandes obreiros dos títulos conquistados, e aqui uma palavra de grande apreço para eles: quer aqueles que representaram e vão continuar a representar o Benfica e, fundamentalmente, para aqueles que representaram e não continuarão a representar o Sport Lisboa e Benfica. Para todos eles, também, uma quota-parte e um agradecimento que tem como base esta renovação”, começou por dizer o treinador.
“Isto só é possível por termos também uma equipa técnica muito unida, fechada e se hoje estou aqui é exatamente devido a isso – a essa comunhão de alegrias e tristezas, de angústias, próprias de uma equipa de alta competição que tem sempre grandes obstáculos pelo caminho”, acrescentou.
Antigo central da equipa do Benfica, são 32 anos de ligação ao voleibol do Clube, como jogador e 17 enquanto treinador. Mais de metade da sua vida, a jogar Voleibol e a treinar Voleibol no Benfica.
“Sim, mas o fundamental e isso é uma coisa que registo sempre com muito agrado, é o reconhecimento que nos leva muitas vezes a conquistar aquelas vitórias, principalmente aquelas vitórias mais difíceis, a passar os momentos tão difíceis como nós vivemos nesta época – o reconhecimento dessa paixão que nós temos pelo voleibol do Benfica”, disse.
Recorda-se de mais do seu primeiro dia enquanto jogador ou enquanto treinador?
“Recordo os dois – costumo dizer, em jeito de brincadeira, mas é verdade, que melhor que treinador só jogador. Por isso, digo aos jogadores para aproveitarem bem enquanto jogadores”, revelou.
Olhando para a última temporada…
“Nós, quando entrámos nesta época, definimos logo como objetivo prioritário a conquista do título nacional - mas não foi por dar menos importância às outras competições que se conquistou ou deixou de conquistar – realmente, tivemos uma fase muito muito difícil, onde a equipa de repente, antes da final da Taça de Portugal e à beira dos plays-off, viu-se completamente destruturada em função das muitas lesões, e lesões em atletas que tinham a mesma posição. Isso foi muito difícil substituir, criar esses automatismos, mas a verdade é que conseguimos com grande espírito de equipa, com uma grande comunhão de esforço, com grande espírito de sacrifício, conseguimos que a equipa – aqueles que estavam disponíveis para poderem ajudar ou levar ao título – fizessem um esforço suplementar e não deixar de forma alguma esse objetivo que era prioritário, como disse, ficar pelo caminho. Conseguimos com grande satisfação, e de todos os títulos, claramente o mais difícil de conquistar foi este”, explicou o treinador.
Há três anos a final da Challenge Cup, há dois anos as meias-finais, na última época não foram tão longe mas não só a nível nacional como também a nível internacional, o Voleibol do Benfica tem crescido e tem-se mostrado à Europa.
“Exatamente, e um registo e uma coincidência para aqueles que não acompanham tão de perto, a verdade é que o Benfica foi eliminado sempre pelos vencedores dessa competição – isso mostra, realmente, o nosso valor, porque numa perdemos na final, na outra vencemos uma equipa do Verona, em Itália, uma das melhores equipas italianas e que veio a vencer a competição e apesar de ter sido uma fase mais precoce da prova, o Chamom perdeu na final e veio a ser campeão de França – portanto, mostra bem o valor dessas equipas e a grande qualidade que a equipa do Benfica tem demonstrado no confronto com essas equipas e grandes espetáculos que tem dado no Pavilhão da Luz”, revelou o treinador.
A fechar, se lhe pedisse uma palavra, um adjetivo para definir esta sua já longa caminhada pelo Benfica, qual escolhia para definir a sua presença enquanto jogador e agora enquanto treinador?
“Emoção!”, concluiu José Jardim, que, juntamente com os seus adjuntos fez questão de deixar uma mensagem aos adeptos do Clube.
Ler Mais

“TRANSPORTAMOS COM HONRA O BOM NOME DE PORTUGAL”

Luís Filipe Vieira entregou, esta quarta-feira, camisolas do Sport Lisboa e Benfica, personalizadas, a todos os militares que constituem a Força Nacional Destacada (FND), que se encontra na República Centro Africana, em reconhecimento do trabalho humanitário que estes vêm desenvolvendo e que em muito têm dignificado Portugal.
O evento da Fundação Benfica com a colaboração da adidas decorreu no Museu Militar de Lisboa e contou com a presença de Luís Filipe Vieira, o Chefe do Estado-Maior do Exército, General Frederico José Rovisco Duarte e ainda do presidente Executivo da Fundação Benfica, Carlos Moia.
Discurso do presidente Luís Filipe Vieira:
“O Sport Lisboa e Benfica é uma grande referência nacional e global, cada vez maior em territórios que há muito superaram os tradicionais destinos da diáspora portuguesa.
Sempre que jogamos em território nacional, chegamos cada vez mais longe no exterior.
Sempre que jogamos fora do território nacional, sentimo-nos em casa e transportamos com honra o bom nome de Portugal.
É essa a força do futebol e do desporto quando concretizado por um clube com o património desportivo, a dimensão cívica e a implantação do Sport Lisboa e Benfica.
É essa a força de um projeto que insiste em contar com a memória e com o seu património na abordagem ao dia a dia e na preparação do futuro.
Mas esta é a oportunidade para sublinharmos a relevância e o reconhecimento da competência, da visão estratégica, do humanismo e da vocação universalista dos militares portugueses quando colocados em missões de representação do país.
Não escondo que muitos dos valores, da visão e do sentido de missão dos militares foram e são sempre muito úteis e um excelente exemplo, para quem tem de gerir uma instituição em que o sentido de organização, de mobilização e de foco nos objetivos são fundamentais.
Para obter resultados é preciso trabalhar, estar preparado e concretizar a estratégia pensada. Para colher é preciso semear.
Num tempo em abundam feitos internacionais de portugueses, nos mais diversos contextos e latitudes, o Sport Lisboa e Benfica tributa o reconhecimento à excelência das capacidades de todos os que integram o contingente português ao serviço da ONU e da União Europeia na República Centro Africana.
Em tempos de novas conquistas e de renovadas afirmações de Portugal e dos Portugueses, o Benfica, através da sua Fundação, sublinha o trabalho humanitário desenvolvido na República Centro Africana por um dos pilares da Nação: o Exército Português.
A simbólica entrega de camisolas personalizadas do Sport Lisboa e Benfica a todos os militares destacados na República Centro Africana, mais de que um simples gesto de reconhecimento e solidariedade, integra a dimensão de responsabilidade cívica e social de um clube com a dimensão do Benfica.
É uma expressão do nosso orgulho na afirmação das capacidades dos Portugueses num contexto de contenção dos conflitos, de intervenção humanitária ou de manutenção da Paz.
A todos, aos Militares, às Famílias e ao Exército, num quadro de grande exigência, o nosso obrigado por elevarem tão alto e com tanta competência o nome de Portugal.
Bem Hajam!
Viva Portugal!”
Ler Mais

AGENDA DO PRESIDENTE LUÍS FILIPE VIEIRA

Na quarta-feira, dia 24 de maio, a Fundação Benfica com a colaboração da adidas irá proceder à entrega de camisolas do Sport Lisboa e Benfica, personalizadas, a todos os militares que constituem a Força Nacional Destacada (FND), que se encontra na República Centro Africana, em reconhecimento do trabalho humanitário que estes vêm desenvolvendo e que em muito têm dignificado Portugal.
O evento decorrerá pelas 11h30 no Museu Militar de Lisboa e contará com a presença do Presidente do Sport Lisboa e Benfica e da Fundação Benfica, Luís Filipe Vieira, que fará a entrega de uma das camisolas ao Chefe do Estado-Maior do Exército, General Frederico José Rovisco Duarte. Marcará também presença o Presidente Executivo da Fundação Benfica, Carlos Moia.
Homenagem a Luís Filipe Vieira
No mesmo dia, mas da parte da tarde, por ocasião da comemoração do "Dia do Patrono", que se realiza anualmente a 24 de maio, decidiu o executivo da Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica homenagear o presidente do Sport Lisboa e Benfica, Luís Filipe Vieira, numa cerimónia pública a decorrer nos jardins da Quinta da Alfarrobeira, sita na rua António Saúde, 11-13, a partir das 17h00.
Esta homenagem prende-se com o facto de Luís Filipe Vieira ser o presidente vitorioso do “tetra”, mas, acima de tudo, por ser um homem da freguesia, nascido e criado no Bairro das Furnas, bairro tradicional e emblemático de São Domingos de Benfica, e que ainda hoje faz questão de visitar e manter um vasto circulo de amigos.
A cerimónia contará com a presença do Primeiro Ministro, Dr. António Costa e do Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Dr. Fernando Medina entre outras personalidades.
Estarão igualmente presentes nesta cerimónia o treinador da equipa principal do SLB, Rui Vitória, bem como o capitão da equipa, Luisão, assim como diversos dirigentes e atletas das várias modalidades do clube e atletas olímpicos.
No "Dia do Patrono", como é já tradição, haverá lugar a uma missa, a realizar pelas 17h00, na capela do palácio e que contará com a atuação do Orfeão do Sport Lisboa e Benfica. Pelas 18h00, assistiremos à cerimónia da atribuição da medalha de mérito da freguesia pelo presidente da Junta de São Domingos de Benfica, António Cardoso. A cerimónia terminará pelas 19h00 com um porto de honra, antecedido de um momento musical assegurado pelo “Saint Dominic´s Gospel Choir”.
Ler Mais

PRÉMIOS DE INVESTIGAÇÃO EUSÉBIO DA SILVA FERREIRA A decorrer

A Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC), em parceria com a Sociedade Portuguesa de Cardiologia e a associação artEUSÉBIOheart, anunciou a realização da 1.ª edição dos Prémios de Investigação Eusébio da Silva Ferreira.
Esta é uma iniciativa pioneira em Portugal destinada a galardoar os melhores trabalhos de investigação clínica nos domínios da insuficiência cardíaca e morte súbita no desporto.
O primeiro é da responsabilidade da Fundação Portuguesa de Cardiologia, estando já aberto o período de candidaturas à bolsa de investigação no valor de 5 mil euros até ao dia 30 de junho deste ano. Já o prémio a ser atribuído na área da morte súbita no desporto será da responsabilidade da Sociedade Portuguesa de Cardiologia.
Referir que a artEUSÉBIOheart é uma associação sem fins lucrativos criada por familiares e amigos de Eusébio da Silva Ferreira, vítima em 2015 de insuficiência cardíaca, com o propósito de perpetuar a sua memória.
A instituição tem como objeto a promoção de atividades sociais, culturais, recreativas, desportivas, ambientais e científicas.
“É precisamente neste último contexto que surge esta parceria com a Fundação e a Sociedade Portuguesa de Cardiologia”, sublinhou Carla da Silva Ferreira, diretora do projeto.
Ler Mais

VESPA DO TETRA NA BENFICA OFFICIAL STORE No Estádio da Luz

A Vespa do Tetracampeonato, conduzida por Eliseu e que tanto furor fez na comunicação social de todo o mundo, estará exposta na Benfica Official Store do Estádio da Luz durante 36 dias.
Esta é uma oportunidade única para ver de perto um objeto que tanto furor fez no relvado do Estádio da Luz e posteriormente na Praça Marquês de Pombal, em Lisboa. Os adeptos poderão tirar fotos com a Vespa do Tetra, bem como aproveitar a presença na loja do Clube para adquirirem merchandising do inédito feito da equipa de futebol.
Referir que o Benfica já lançou uma linha de produtos da mota, que estão à venda na Loja Online. Futuramente, o Sport Lisboa e Benfica vai lançar, aliada à Vespa, uma linha de capacetes alusiva ao Tetra, e está em conversações com a Piaggio – marca detentora da Vespa – para uma parceria conjunta.
Ler Mais

“É UMA HONRA” Distribuidor luso

O distribuidor do SL Benfica, Tiago Violas, renovou contrato por mais dois anos com o Clube.
“É sempre um prazer representar o Benfica, pela grandiosidade do Clube e pelas condições que nos oferecem. Para mim, é uma honra poder continuar a trabalhar com as cores do Benfica”, começou por dizer à BTV.
 Analisando a época que agora finda… “Foi uma época, na minha opinião, muito bem conseguida pela nossa equipa. Tínhamos uma equipa muito forte, tivemos uns pequenos azares com lesões de dois ou três jogadores importantíssimos, mas conseguimos contrariar essas lesões e acabámos por ganhar mesmo assim o Campeonato”, atirou.
“Foi pena não termos conseguido ganhar a Taça. Foi nessa altura que ficámos sem os tais jogadores, não nos conseguimos adaptar e perdemos a Taça. Espero na próxima época conseguir conquistar, além do Campeonato e da Supertaça, a Taça de Portugal, que foi o que nos faltou esta época”, acrescentou o jogador de 28 anos.
Tiago Violas conquistou dois títulos pelo Benfica: uma Supertaça (2016/17) e um Campeonato Nacional (2016/17)… e quer mais!
“Estando numa equipa como o Benfica, os objetivos são sempre ganhar tudo, todos os jogos e todas as competições em que estamos inseridos. A nível pessoal, faz com que, ao ganhar esses títulos, me realize pessoalmente. Mas eu não sou nada sem a minha equipa”, concluiu Tiago Violas.
Ler Mais
Sports Blogs
blog directory
 
Benfica Glorioso © Obrigado e volte sempre!!!
BENFICA GLORIOSO

Feito por BENFICA GLORIOSO * SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS * * E PLURIBUS UNUM * Benfica Glorioso © 2011 \2017